segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Next plane home

I woke up early to baby blue eyes from a far, whoah whoah
And when the sun comes through and lights you like the angel you are, whoah whoah
I know i do you wrong when I'm with you I've been gone

With every season change, it looks the same, november to june, whoah whoah
And don't these empty streets skip a beat, the flowers don't bloom, whoah whoah
I can't believe I missed your birthday again
And I wanna come back but I just don't know when now

And I'm so lonely, you're not here with me
That's why I'm gonna be on the next plane home

The road that never end around the bend, I see your smile, whoah whoah
I'd swim across the sea to be with you for a while, whoah whoah
'Cause I'm made a life while i been gone
Now the way that I feel I just dont belong here

And I'm so lonely you're not here with me
Thats why I'm gonna be on the next plane home
And you're the only face I wanna see
That's why I'm gonna be on the next plane home

Stand around, try to make every moment
And be somebody, yeah anybody
It seems the whole world is taking me over
I need somebody to help me getting back to it

And I've always been a million miles away
But things are gonna change
I just wanna come home

And you're you're the only face I wanna see
That's why I gonna be on the next plane home
Yeah I'm taking the next plane home
Now I'm getting the next plane home
Now I'm taking the next plane home


Daniel Powter

Por vezes sinto mesmo esta vontade, de apanhar o próximo avião para casa... Poder estar junto da minha mãe, do meu pai, do meu mano, de todos... Mas ao mesmo tempo, a minha casa é aqui...
Saudades...

domingo, 27 de dezembro de 2009

Arrependimento

Nem sei o que escrever... Não sei bem por onde começar, mas sei que tenho uma necessidade enorme de escrever!Sinto-me cinzenta hoje, um pouco como o tempo... Passei um natal fantástico, na companhia dos meus tios até tivemos direito ao pai natal e tudo!! Foi mágico... Mas hoje sinto-me triste... Algo que fiz no passado reflecte-se hoje. Arrependimento é uma palavra que não deveria existir!! Mas eu arrependo-me...
Arrependo-me de uma decisão tomada de cabeça quente, pensando que seria a decisão da minha vida, a que me traria felicidade... Mas enganei-me... Agora é preciso reconstruir, repartir de onde tinha parado... Mas não é fáçil...
É preciso ter força de vontade, força para ultrapassar os obstáculos que tenho pela frente... Basta saber se serei capaz e se valerá assim tanto a pena...
Não sei o que pensar, o que fazer...
Veremos...

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

O filme =)


Domingo passado, fui pela segunda vez da minha vida ao cinema aqui na Suiça!!
Isto, não por não gostar de cinema, mas sim por não gostar do cinema aqui!! Aqui todos os filmes são dobrados em Françés (nesta zona)... E eu não gosto nada de ver as bocas das pessoas a continuarem a mexer e já não ouvir palavras!! Mas pronto... Resolvi ir e não me arrependi!! O filme é Brutal!!

Fui ver AVATAR!! Grande filme!! Não me vou importar de voltar a vê-lo no cinema!!!
Aconselho a todos!!!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Neve...


Cairam os primeiros flocos de neve... Saio á rua e já tenho neve a cobrir-me o pé!! O frio faz-se sentir cada vez mais! Gela-me o rosto, as mãos... Mas não resisto a pegar num pouco de neve e sentir a minha mão a queimar...!!! É tão bom olhar pela janela e ver tudo branquinho... Uma felicidade invade o meu coração. Por vezes uma felicidade extrema que vem substituir momentos de solidão, tristeza, angustia...! Chega com uma força tal quem até dá medo senti-la... Mas tem de se aproveitar enquanto perdura!!


Peguem nos gorros, cachecois e luvitas... E venham até a Suiça sentir estes -6º que se fazem sentir de momento nesta vila onde me encontro e brincar um pouco com a neve!!
Se não puderem, aproveitem para ir ao sitio mais próximo, com neve, para brincarem um bocadinho e gelar-vos o rosto!! Ou ficarem tipo rena rudolfo!!! eheh

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Foi bom!!

Soube a pouco...!!
Foi bom poder abraçar-vos de novo!! Foi bom ver a vossa cara de espanto quando abriram a porta e me encontraram a mim em vez do meu mano!! Foi bom poder ver um sorriso sincero nas vossas caras!!!
Mas também foi bom regressar!!!

Ficam saudades de uma vida e de outra...

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Decisões


A vida de simples não tem nada!!! Pelo menos a minha! Ou sou eu que sou demasiado complicada, que acho que é mesmo isso, ou então nasci na altura errada!!!
Temos sempre decisões importantes a tomar, entraves, dificuldades... Por vezes é tão difiçil escolher, é tão difiçil optar por uma situação, não sabendo o que há de seguida! É um buraco por preencher, que estará completo depois da nossa decisão...
Muitas vezes, praticamente sempre, tomo decisões de cabeça quente. É porque sim. porque me apetece e porque o quero assim neste momento. Faço, sem olhar para trás, sem olhar a meios. Aquilo que quero será... E por mais estranho que pareça, tenho tido maiores momentos de felicidade quando assim faço, que quando penso e repenso antes de agir!!
Estou prestes a cometer uma loucura... Apeteceu-me, meti na cabeça que seria assim e fiz tudo para conseguir atingir o meu objectivo!! Agora é deixar andar e ver no que dá... Ou corre bem ou estala a bomba!! Também ao menos saberei com o que contar!!!
Estou presa, o meu coração começa a sufocar... E não aguento viver neste impasse... Sou uma pessoa impaciente por natureza... Defeito... Infelizmente não o consigo mudar, entõa tenho de saber jogar com ele!!!
Veremos no que dá... O que já é bom é que ando um pouco mais animada!!! Até quando?!!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Preciso

A ausência não se reflecte num bem estar sentido, mas sim numa confusão enorme que nem deixa pensar em nada, muito menos ter inspiração para escrever!
Cada vez mais percebo que sou uma pessoa demasiado complicada... Quero sempre mais. Nunca estou satisfeita, independentemente do que quer que seja. Pareço aquelas crianças que querem um brinquedo novo, andam 1 semana sempre com ele, mas depois já perde a piada. Ou porque encontraram um melhor, ou simplesmente porque perdeu a piada. Querem sempre mais. Nunca estão satisfeitos com o que têm!
Eu também sou assim... Sinto-me mal por ser assim, e não percebo porque assim sou!
Tenho medo? Medo de me ligar demasiado? Tenho medo de não saber mais viver sem...? Acho que tudo se resume a medo... Mas como superá-lo?
Vou magoando pessoas e magoando-me a mim. Quero parar com isto e ser apenas feliz! Quero apenas acordar de manhã, com uma razão para sorrir e ter a quem dar esse sorriso...
Faço sempre tudo o que me apeteçe, independentemente das consequências... Sofro-as se assim fôr... Quero viver tudo a mil. Quero sempre mais e só fico bem quando alcançar o meu desejo... Por vezes não sou justa, não faço atenção aos que me rodeiam, mas é mais forte do que eu!
Só queria olhar para o céu, fechar os olhos e ter uma resposta.Uma brisa suave a tocar-me o rosto... Preciso de um sinal, algo que acalme a minha vontade tremenda d viver tudo a correr... Preciso...

Estou presa.. Sem solução aparente para as minhas dúvidas...

Preciso de ajuda....

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

........

O tempo passa, a distância pesa... Começa a doer, começa a fazer mal... Por vezes tenho uma vontae louca de escrever, mas quano chega o momento, perco-me nos meus pensamentos e já nem sei por onde começar. Palavras soltas voam o meu pensamento, sem depois, saber como encaixá-las e transmitir algo veridico...
Estou sufocaa de pensamentos, de actos revoltos, presos por o que não pode ser. Por vezes a vontade é tão mais forte que a razão... Porque não ultrapassá-la?? É triste, mas por vezes resignamo-nos a nós próprios, por uma má analise a nossa própria via. É triste...
Estou triste. Triste, rovoltada, sem saber bem onde colocar o pé no próximo passo que der... Há momentos em que até me apetece colocá-lo mal e cair... Ao menos posso ficar sentaa uns momentos...
Não sei... Mas também raramente sei o que se passa comigo...
Sou uma incógnita até para mim!!!

sábado, 31 de outubro de 2009

Lágrimas soltas...


Tenho andado perdida no meu novo mundo, sempre a viver a 200 km/h, sempre a aproveitar ao máximo e a saborear cada minuto mais que a vida me tem dado. Tenho andado tão absorvida pelas eventualidades que nem me tenho apercebido que aqui estou, longe de tudo e de todos... Longe da minha essência...
Hoje voltei a sentir aquela dor da saudade de um país que outrora fora meu, mas que no fundo continua a ser...
Hoje apetecia-me fechar os olhos e acordar junto de quem me faz falta...
Precisava de um abraço da minha querida mamã... Do meu querido papa... Queria ouvir o meu maninho a dizer-me para ter juizinho e receber um abraço sentido...
Por vezes coisas que acontecem no nosso percurso de vida, fazem-nos afastar das pessoas que mais amamos... Mas o amor não morre...
Sinto a vossa falta...
Há dias em que doi... Há dias em que a dor parece que mata...
Há dias em que só apetece chorar...
Pois... As lágrimas vão-me correndo pelo rosto... Havia algum tempo que não chorava de saudade... Já fazia falta... Mas nem assim acalma a dor que me pesa no peito...

Estou sózinha entre estas quatro paredes que me rodeiam... Há já algum tempo que isso não acontecia, mas estou a precisar. Aprecisar de acalmar a alma, de deixar sair a dor, nem que para isso seja preciso esgotar as lágrimas que estavam guardadas...

Faço para não pensar, dou por mim a relembrar momentos que passamos...
O tempo passa e o me faz querer voltar... Tudo o que eu quero é voltar...
Mas não posso... E ao mesmo tempo não é mesmo isso que quero, só vos queria aqui comigo...

Preciso tanto de voçês...

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Je sais oú aller!!


Qu'il neige sur ma vie, gele en mon coeur, tombes les pluies...
Rien ne me fais peur!!
Loin d'içi, loin des douleurs...
Je sais oú ressuciter!
Je sais oú aller...

Rien ne risque de se fair oublier!
Se son des visages familier...
C'est une chance de pousser içi...!

Je reste lá...
Je n'echangerais pas, la je suis chez moi...
Je suis riche de ça!!!

Qu'il neige sur ma vie... En mon coeur... Toutes les pluies et couleurs!
C'est la vie...
Je sais oú aller!!

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Sinais

Por vezes são nos enviados sinais...
Sinais tão evidentes que até dá medo pensar nisso!
Parece que nos querem transmitir uma mensagem de alguma forma, e cabe-nos a nós, sermos suficientemente inteligentes para as interpretar ou perceber que é uma mensagem!
O problema é quando uma mensagem pode ter duas ou mais interpretações... Quando, dependendo do contexto, as duas interpretações possíveis são completamente contraditórias, começa então um conflito interior, sem saber que caminho tomar!
A mensagem está lá... A resposta... Temos sempre o direito de errar, mas era bom que não...!
Tive um sinal... E dos grandes, mas com duas ou trés interpretações possiveis! Não sei qual deva pensar que possa ser...!
Só sei que entrei num conflito cerbral inigualável... É incrivel como uma simples acção do nosso dia-a-dia, pode acender contradições, interrogações e pode balançar tudo o que um dia já foi!
Cabe-me a mim encontrar resposta para esta incógnita!! ~
Vai ser duro!!!

domingo, 18 de outubro de 2009

Completas-me...

Hoje acordei com uma sensação de vazio imenso... Uma sensação que algo me fora roubado durante a noite, mas não encontrava o que pudesse ser... Acordei com uma dor no peito, que me fazia curvar e não sentir nada mais á minha volta. A minha mente, a minha concentração estava toda naquele espaço por preencher...
Fui preenchendo o vazio, apertando-o com a minha mão, enquanto procurava o que pudesse encaixar e que fisesse diminuir esta dor que me sufocava...
Procurei uma e outra vez... Não encontrei. Não havia nada que encaixasse perfeitamente. Não existia nada perfeito para colar no meu espaço vazio... Fica sempre um espaço vazio seguido por uma dor aguda...
Não podia ficar por aqui... Não...
Voltei a procurar, desta vez até no mais profundo da existência na terra... Encontrei-te a ti... Não és de todo perfeito e continuas a deixar um vazio, mas seguido a ti, em vez de uma dor aguda vem uma dose de loucura, de magia e de amor, que são suficientes para ocuparem esse vazio que ainda deixaste...
Preenches-me e quero que assim seja sempre...
Completas-me...

sábado, 17 de outubro de 2009

Voar sem asas

Bem, para mim é acordar ao seu lado,
Assistir o sol nascer em seu rosto.
Saber que posso dizer que te amo,
em qualquer lugar, a qualquer hora
São pequenas coisas que só eu sei
São essas coisas que te fazem meu,
E é como voar sem asas
Porque tu és especial...
Estou a voar sem asas!!

Á espera


Á espera ansiosamente que o tal momento possa surgir... Á espera apaixonadamente pelo reencontro dos teus olhos e dos meus...
Á espera de te poder prender nos meus braços e sentir que afinal é real... Que afinal já não é apenas um sonho...
Á espera... Vou contando os dias, as horas e os minutos... Só quero que passem mais rápido do que o são! Possivel, mas apenas na nossa mente... E eu desejo tanto isso...
Só sei que espero...
Á espera do sol, talvez do luar... Á espera de ti para me iluminar... Á espera de quem já me fez feliz... Á espera do sol, á espera de luz... Á espera de ti...

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Perfeito coração


Que perfeito coração...
No meu peito bateria... ...
.............................. ...
.................... .......
Meu amor na tua mão... ........
....................... .........
Nessa mão onde cabia.... ........
.................... .......
...............................
Pertfeito meu coração... ...
Adoro-te.....

domingo, 4 de outubro de 2009

Não é justo


É sempre tão difiçil afastar alguém da nossa vida. É tão difiçil magoarmos alguém que outrora amamos, mas é inevitável fazê-lo. Não é justo, nada é justo nesta vida.
Mas também para quê nos chatearmos? Nós é que temos de fazer o que é justo ou não para nós!!
As decisões que são tomadas a cada instante, fazem a nossa justiça, portanto depois não nos podemos queixar... Mas continuo a dizer que a vida é injusta. Ou então sou mesmo eu que a faço assim...
Mas... Porquê tantos "mas" na meu percursso? Gostava tanto de ter, por uma vez, uma decisão simples... Queria tanto poder fechar os olhos e ter respostas, a resposta. É o que me falta para conseguir dormir, para conseguir sorrir, que há tanto tempo que não o faço com convicção...
Preciso desse sorriso, preciso de um abraço sentido, que me traga tranquilidade suficiente e me acalme o medo, que vai afundando o meu coração na procura desesperada de uma saída, em direcção a uma luz que brilhe e o faça brilhar novamente.
Preciso mas não encontro. Preciso e desespero por não a ter. Preciso tanto... de ti... Mas ao mesmo tempo preciso de ti longe. A vida é injusta. Não precisava de precisar de ti neste momento. Não era isso que era justo. Está tudo errado...
Mas eu preciso... Mas não sei se quero precisar...
Já nem sei...

sábado, 26 de setembro de 2009

Valerá a pena?

Sinto-me exausta, confusa, sem forças para mais...


A vida reserva-nos cada surpresa... Dá voltas e voltas e deixa tudo numa tremenda confusão.
Nunca sabemos o que ela nos reserva, mas por vezes as melhores surpresas vêm na pior altura...
Quando as cartas são jogadas sobre a mesa, não sabemos quais virar, temos medo de tirar a carta errada e em vez de arrumar a confusão em que estámos, ainda a deixar pior...
A vida é dura. Pôe-nos á prova a cada segundo e temos de provar que fomos aprendendo algo na nossa passagem por ela... Temos de ser inteligentes e saber bem o qe vamos fazer. É necessário encontrar lucidez, clareze suficiente para não errar mais uma vez, mas é tão difiçil... É duro snetir-nos impotentes, de mãos e pés atados sem saber o que decidir numa situação que envolve tanto como duas vidas. É um pesadelo real, que outrora fora um sonho desejado. É estranho como tudo pode mudar tão de repente... É incrivel como podemos pôr tudo em causa por apenas um momento em que tudo pareceu ruir...
Ruiu uma vida. Ruiram dois corações apaixonados em tempos distintos, dois corações desencontrados por um mero momento. Mas ainda vivem na esperança do reencontro pela passagem minima em que se encontraram juntos apaixonados... Mas será que vale a pena??
Valerá a pena reerguer o que ruiu um dia??
Não sei...
Hoje não sei nada. Preciso de tempo, de paz, de espaço e de me reencontar na vida... Preciso de ajuda! De cábulas para saber o que não sei...

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Coração


O coração é um ser tão frágil e ao mesmo tempo tão forte... Sente tudo a mil á hora e quase que é capaz de sair do peito e correr atrás...
O meu coração está desprotegido, solto e muito vivo. Sente cada minuto da vida que por ele passa. É uma estranha sensação que me inunda a alma e me faz sonhar e ao mesmo tempo duvidar de tudo. Tenho tudo e não tenho nada. Tenho medo de deixar voar a borboleta que agarro na minha mão. Tenho medo de a manter presa a mim. Tenho receio de não deixar pousar uma nova vida. É uma tempestade de sentires que vai correndo na minha alma até me deixar exausta.
Tenho de parar e pôr o coração aodrmecido. Estou a tentar perceber o que me pode dar tranquilidade e um pouco de paz e deixar este carrossel em que ando metida.
Isto tudo pois a paixão é louca mas nem sempre dura. E o amor cresce mas muitas vezes morre. Não sei...
Tudo é estranhamente confuso...

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Gostaria tanto


É apenas uma lágrima, apenas um resto do meu passado, do qual me afasto mas que não pára de me assombrar.
É apenas uma nuvem cinzenta que afunda os meus pensamentos.
Reencontro a minha alma, o teu olhar da-me vontade de avançar...
Deixa-me esquecê-lo, deixa-me apagá-lo da minha memória para mais te poder dar.
Gostaria tanto te dizer o que o meu coração quer, mas não tenho as palavras.
Gostaria tanto te dizer que já não tenho medo, mas estas palavras não me soam bem.
Tenho de recomeçar tudo mais uma vez, perdoa-me se dou um passo errado.
Gostaria tanto te dizer o que o meu coração quer, mas já não tenho as palavras.
Tenho medo desta chama que antes de ti me queimou.
Os teus olhos desarmam-me, já não sou capaz de os enfrentar.
Os meus sonhos murcham, só o tempo poderá ajudar-me.
E quando te afastas, tenho finalmente vontade de te ver ficar...
Sabes me falar.
Sabes escutar-me...
Deixa apenas me reencontrar...

domingo, 20 de setembro de 2009

A melhor familia

Posso não ter felicidade em certos aspectos, andar triste e revoltada com situações que a vida me pôs a frente para me testar, mas uma coisa eu sei e sinto, tenho a melhor familia que pode existir. Uma familia sempre disponivel, alegre, que sabe viver e me ajuda a viver sempre com um sorriso.
Uma familia que acolhe outras pessoas como se já fizessem parte dela, apenas porque essas pessoas agora, em parte são a minha familia diária.
Familia, pessoas desde os 4 até aos 50 anos, que não têm problema em fazer o que quer que seja para passar um agradável dia entre eles. E isso faz-me sorrir...
Quero agradecer tudo o que são para mim. Tudo o que fazem por mim e por me fazerem sorrir. Espero conseguir retribuir, de qualquer forma, nem que seja em recompensá-los com aquilo que eles querem que eu faça na minha vida!! Dão-me força para isso!!

Obrigado =)

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Não tenho palavras


Existem sentimentos em cada um de nós, que se confrontam com outros e se tornam confusos aos nossos próprios olhos. Se fosse fáçil deixar de pensar num sentimento, esqueçê-lo, seriamos mais felizes? Será possível esqueçer assim um sentimento?? Ou poderemos apenas escondé-lo?
O que sentimos diariamente é o que faz o nosso eu, a nossa história, porque tudo a nossa volta se desenvolve segundo esses sentimentos. Portanto seriamos diferentes do que somos se não sentissemos o que sentimos... Não?
Mas e se o que sentimos não é o que queremos sentir, pois não queremos ser consoante esse sentimento? Ou então queremos mas sabemos que não é o melhor para nós... Misturam-se então aqui, vários sentimentos...
É uma trovoada de sentires, de vontades, de desejos e medos.
É uma avalanche de sentimentos, que me fazem duvidar do que quero e já tinha decidido. E portanto, mais uma vez existe uma mistura de coisas que nem sei bem explicar o que poderão ser, dentro de mim, que me transformam e transformam tudo á minha volta. ..
É uma roda viva que gira sem parar, mesmo que eu lhe peça.
Mas até quando?
Gostaria tanto de puder dizer o que o meu coração quer, mas já não tenho palavras.
Gostaria tanto de dizer que já não tenho medo, mas estas palavras não me soam bem.
Tenho de recomeçar tudo, uma vez mais... Perdoem-me se volto a dar um passo em falso...
Não tenho palavras...
Apenas quero tempo...

Hei-de encontrar as palavras...

Desafio da Guardiã de sonhos...

Quero agradeçer o selo =)
E Respondo, claro, ao desafio!!! E vai de volta para ti...!





O desafio consiste então em dizer:

-> Quem gostas mais de abraçar no presente? Bem, a mim própria!!

-> Quem nunca abraçarias? Hum... O marlyn Mason!

-> A quem davas tudo para poder abraçar? Á minha mãe e ao meu pai.

-> A quem davas o teu melhor abraço? A todos os que precisam de um bem apertado e sentido.

E agora, escolher três blogs que abraçaríamos e passar o desafio!!

E eu passo este desafio Ao Caranguejo, "Diário de um caranguejo", Á Spirit, e ao João Pedro, "Escrita lambida".

Gostava de passar a muitos mais, mas são só três!
Espero que respondão ao desafio!!

Beijos

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Sufocar


Enconto-me no meio de uma multidão, agitada, por entre dias prenchidos de stress. Uma quantidade de gente que me cerca, que me prende, mas por dentro, a minha alma sente-se só. É como se não houvesse ninguém ao meu lado, como se não houvesse um sentido para cada presença na minha vida.
Divago, deambulo pelo meu mundo, á procura de um ramo onde me agarrar, para que não me deixe ser levada por esta corrente repentina que em mim se instalou...
Por momentos até tenho o desejo de me deixar levar por ela, para que possa encontrar uma nova história e esquecer a que me enlouquece. Mas pondo as mãos na consciência e reflectindo um pouco mais, acabo sempre por perceber que fugir não é uma solução possível nem encaixa na minha história...
Sou mais forte que isso, sou mais forte que tudo o que me sufoca diariamente e eu conseguirei respirar ar puro, aqui, no meu mundo, na minha história presente.
Sou forte, apenas ando mais frágil, como diria o principezinho, precisava de ser coberta com uma redoma de vidro! Acho que estou a precisar de um amigo como ele!!

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Alma cinzenta

Hoje a minha alma está cinzenta. Sinto que nada que faço é reconhecido ou valioso. Sinto que nada do que faço vale a pena. Que perco tempo.
A minha vida hoje não está a fazer sentido. Sinto-me esgotadas, ao fim das minhas forças. Estou a cair num buraco fundo, sem conseguir encontrar uma saída. Parece que estou presa, atada de mãos e pés, sem saber que rumo dar á minha vida.
Apetece-me chorar, desaparecer daqui. Apetece-me estar sózinha e chorar, chorar até não ter mais lágrimas que possam correr pela minha face.
Estou cansada...
Estou trsite...
Estou carente...
Estou... Nem sei bem o que estou. Mas um pouco de tudo.
Preciso de pousar a cabeça na almofada e adormecer a minha alma...

domingo, 13 de setembro de 2009

Quero mais...


A noite chega e tudo se torna mais frio. Estamos a chegar ao Outono. Os dias são cada vez mais curtos e as noites por si, mais longas.
É aí que me questiono tantas vezes o porquê da minha vida aqui. O porquê de tantos "porquês" na minha vida.
Nesses momentos em que sinto necessidade de me agarrar a todas as forças que ainda tenho para sorrir e enfrentar um novo dia, penso que nada basta. Quero mais... Quero sempre mais...
Vejo tantas estrelas no céu. Iluminam a minha noite e a de tantas outras pessoas, que como eu, se sentem talvez um pouco perdidas, numa história de vida com páginas brancas, mas eu quero mais... Quero sempre mais...
Não quero as estrelas a iluminar a minha noite ou a aconchegar-me na minha solidão. Quero "a estrela". Quero "aquela estrela"... Mas não consigo chegar a ela.
Mas quero mais... Quero sempre mais... Então, preenchendo as páginas brancas da minha vida, vou construindo um caminho até ela, encontranto pedras pelo caminho, mas até conseguir sentir o brilho dela a cegar-me e ela me conseguir entregar o seu coração...
Quero mais... Quero sempre mais. Pode ser um defeito, ou é feitio, mas por muito que seja diçil, ou até improvável, para mim não é, não será impossível... Apenas quando já não poder sequer observá-la ao longe...


Por isso vou tentando chegar a ti... Aos poucos vou conseguindo...

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Pequenos gestos

Por vezes sentimos que uma simples acção do nosso dia-a-dia, pode ter tocado no coração de alguém, e sabe tão bem quando percebemos isso!!
No outro dia, a caminho da fisioterapia, encontrei um rapaz que costuma frequentar o restaurante onde trabalho, também ele de muletas, ficamos a conversar um pouco sobre o que nos tinha acontecido.
Tinha eu, uma revista daquelas chamadas tipo "cor-de-rosa", mas um pouco mais chic, na mão e ele perguntou se eu achava que a mulher dele iria gostar de a ler. Eu não conheço a pessoa em questão, mas nós, mulheres, gostamos sempre de nos manter actualizadas em certos assuntos, como moda, hollywood, casamentos e divorcios, etc. Então disse-lhe que sim e ofereci-lhe a revista pois já a tinha lido e como eu sei que não a ia deitar fora, mas sim amontoa-la aqui em casa entre outras, sem depois saber o que fazer com elas, então aproveitei!!
Não achei que fosse algo especial, até que ontem esse rapaz, apareceu lá no restaurante e ofereceu-me trés livros. Disse-me que me queria oferecer, pelo gesto que tive com ele. Queria que eu lesse os livros e que ficasse com uma mensagem e depois de os ler se os quisesse guardar ou dar a outra pessoa para passar outra mensagem, estava á vontade! Achei tão especial...
Nunca pensei que o facto de ter oferecido um revista pudesse ser um gesto apreciado por alguém!!
Mas pelos vistos, os mais pequenos gestos do nosso dia-a-dia, são os mais importantes!!

Pensem nisso!!!

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Ponto final

Há momentos na vida, pequenos momentos em que existem acontecimentos, quase insignificantes, mas que no fundo têm uma importância tão grande no nosso futuro.
Hoje tive um desses momentos...
Foi apenas uma conversa, uma troca de palavras, mas fez-me perceber que nada vai mudar. Não há nada mais para dar. As palavras estão gastas, não há mais nda a dizer. Antigamente tinhamos tanto para dar um ao outro, e hoje senti um vazio tão grande... Já não há nada que me peça água, e pelo contrário, em tempos eras como um rio que passava e me saceava esta sede... Já não a tenho.
Hoje algo morreu dentro de mim em relação a ti. Não te posso explicar porquê pois nem eu consegui perceber, mas senti um alivio, mesmo que acompanhado por uma dor, mas suave...

Morreu um amor que foi mal regado. É sempre o que acaba por acontecer!
Já tinha dito tantas vezes que não te queria assim na minha vida, pois bem... Deixo-te partir.
És livre de voar, sou livre de partir á procura de novos horizontes e de tentar sarar a ferida aberta que ficou em mim...

Acabou a esperança, a perda de tempo em esperas inuteis, acabou a vida estagnada a um ponto sem viragem. Acabou.
Ponho um ponto final nesta história. Na minha história na tua.
Deixo-te continuar a escrever essa tua história que tanto queres escrever, mas vais ter de a continuar sem mim...
Eu começo hoje uma nova, e tu apenas farás parte dela em recordações, é a única coisa que não posso impedir!

Acabou

domingo, 6 de setembro de 2009

Não sei se quero...

As estrelas iluminam o meu céu, nesta noite escura em que ponho em causa momentos vividos num passado recente.
Não deixo de pensar, de relembrar olhares, abraços, beijos...
Aqueles abraços envolvidos numa troca de olhares penetrantes, que queimam a pele num acto de loucura entre dois corpos apaixonados.
Relembro com uma saudade que faz doer a alma, quase esquecida pelo tempo. A saudade é maior a cada dia que passa e que continuo a sentir-te longe, distante mas não tanto ausente... Apesar disso não sei se te quero assim. Não sei se quero continuar a sentir este aperto no coração, a sufocar-me diariamente...


Não sei se conseguirei viver sem os teus abraços, mesmo imaginados. Se consigo esquece-los ou trocá-los. Não sei se quero recusar sentir-me envolvida nos teus braços, nem que seja por apenas mais um momento.

Não sei se a minha alma suportará viver sem pensar no teu olhar, se estará preparada para enfrentar o dia a dia sem essa chama. Não sei se quer evitar cruzar o teu olhar...

Não sei a que ponto poderei passar sem os teus beijos. Sem sentir o calor dos teus lábios nos meus, nem que seja num momento de loucura ardente em que me perco em ti. Não sei se quero esquecer o sabor deles...

Não sei se te quero esquecer, mas não quero ter de viver longe de ti, pelo menos assim. Não sei se quero passar a frente da nossa história, mas o problema é que não é só a nossa história, mas também não sei se quero fazé-la só nossa...



Preciso de fechar os olhos e ter lucidez suficiente para escolher que caminho seguir. Preciso de dar um rumo á história da minha vida. Com ou sem ti, e esse é o grande problema, é saber se a quero com ou sem ti. Não sei se quero...

sábado, 5 de setembro de 2009

Raiva



Tenho momentos em que se apodera de mim uma raiva, que é capaz de me deixar fora de mim. Não posso nem consigo disfarçar este sentimento.
Deixo de conseguir sorrir e fazer sorrir os outros. Deixo completamente de lado esta alegria que vive em mim e a raiva cresce porque não consigo decidir mudar.
E pior, são as minhas acções diárias que fazem com que eu tena este sentimento.
Quem me manda a mim ser como sou???
Sou boa demais, não consigo deixar ninguém na merda e depois lixam-me sempre. Quando sou eu a precisar, olha azar... Mas eu continuo. Não aprendo... Que raiva!!
Mas eu mereço. É para ver se aprendo de uma vez a saber separar as coisas, as pessoas.

Sinto-me mal por dizer isto, e muitas pessoas não mereçerão, mas eu hei-de mudar. Vou deixar de ser assim e aí as pessoas hão-de dar valor ao que era e já não é.
Não quero saber, estou mesmo revoltada com isto.

Só queria que me dessem um pouco de valor e que não fizessem de mim parva... O problema é que eu também deixo, mas vai mudar...

Estou farta...

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Abraça-me bem

Trés almas unidas pela tristeza de uma vida deixada para trás. Trés vidas magoadas pela falta de algo, de alguém, de tudo...
Trés pessoas anteriormente desconhecidas, que se encontram na mesma aventura.
Lágrimas partilhadas fazem parecer tudo menos doloroso aos olhos de cada uma. Abraços reconfortantes,sem precisar de palavras. Um aperto na mão é suficiente. Basta um olhar para a lágrima secar mais rápido.
Hoje sou eu... Amanhã serás tu ou tu. Mas seremos nós, unidas neste mundo um pouco desconhecido ou estranho, para onde resolvemos fugir.
Tenho-vos comigo e isso é demasiado importante! São peças essenciais á minha caminhada na minha estadia nesta vida!
E eu caminho ao vosso lado, sempre...
Abraça-me bem... Preciso!

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Estou assim...


As palavras fluem nos momentos em que me sinto mais triste. Posso não deixar transparecer esta dor, esta solidão sentida no mais fundo do meu ser. Posso não fazer sentir as lágrimas que caem invisivelmente dos meus olhos secos de saudade. Posso andar de queixo levantado, nariz erguido, mas a vontade é de mergulgar na almofada que me ampara todas as noites, com quem desabafo as minhas mágoas e dores.
Avontade é de correr, correr até não poder mais, sem saber de facto de encontro ao que vou.
Talvez correr para fugir. Fugir do medo que me persegue. O medo de ti. Da minha vida em ti e de ti na minha vida. Medo de te lembrar, de te pensar. Medo... Medo que nem eu sei bem porquê mas que não consigo controlar.
Posso parecer a pessoa mais feliz e alegre. Demonstro que tudo á minha volta é florido, colorido... Mas por dentro estou cinzenta, escura como a noite sem estrelas...
Sei que tenho de ultrapassar. Que tenho de esquecer, mas ainda não quiz. Ainda não quero, talvez por casmurice, por estupidez, por gosto também... Mas um dia há de chegar esse dia!!!

Até lá vou ficando... Nem eu sei!!

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Pensa em mim

Passam os dias, quase sem eu dar por eles... Apenas sinto a tua ausência na minha vida. A tua distância... A falta que tu me fazes... Apenas penso no quanto desejo voltar atrás e ir de encontro ao teu abraço e nele me perder até tudo mudar.
Não me largues.
Não me digas que acabou.
Pensa em mim, em nós...
Pensa no que isto pode ser.
Não será por acaso que tudo é da maneira que sinto.
Não é por acaso que estou aqui e estás aí...
Não é por nada... É por tudo... E eu quero esse tudo.
Quero o teu mundo e o meu, quero o nosso mundo. Descobri-lo, inventá-lo... Quero-o e quero-te...
Pensa em mim...
Não te esqueço...

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Best of me...

Faz pensar em ti, faz relembrar, faz chorar de saudades...

I was made the wrong way
won't you do me the right way
where you gonna be tonight?
'cause I won't stay too long

Maybe you're the light for me
when you talk to me it strikes me
won't somebody help me
'cause I don't feel too strong

Was it something that I said
was it something that I did
or the combination of both that did me wrong

You know I'm hoping you sing along
I know it's not your favorite song
don't wanna be there when there's nothing left to say
you know that some of us spin again
when you do, you need a friend
don't wanna be there when there's nothing left for me
and I hate to thought of finally being erased
baby that's the best of me

Everything's behind you
but the hope still stands beside you
living in every moment
have I wasted all your time

Was there something that I said
was there something that I did
or the combination I broke that did me have

You know I'm hoping you sing along
I know it's not your favorite song
don't wanna be there when there's nothing left to say
you know that some of us spin again
when you do, you need a friend
don't wanna be there when there's nothing left for me
and I hate to thought of finally being erased
baby that's the best of me
baby that's the best of me

You know I'm hoping you sing along
I know it's not your favorite song
don't wanna be there when there's nothing left to say
you know that some of us spin again
when you do, you need a friend
don't wanna be there when there's nothing left for me
and I hate to thought of finally being erased
baby that's the best of me.


Não dá para não pensar!!

Hoje não tive inspiração para escrever o que me vai no pensamento. Tenho a minha cabeça a mil... Ás voltas e voltas!! Fico pela música do Daniel Powter...
Pode ser que amanhã...

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Pensando em ti...

O ar toca suavemente o meu rosto, nesta longa noite de mais um dia calmo, passado entre lágrimas disfarçadas por sorrisos entristecidos... Lágrimas que secam no caminho do meu rosto, que se perdem por não encontrarem quem as faça evaporar numa ilusão mesmo passageira. Posso até querer, tentar, mas é dificil conseguir afastar os pensamentos que me assaltam de madrugada, no meu sono revolto, sem deixar para trás as dúvidas de um coração amargurado, dorido pela saudade de tempos perdidos no vazio da solidão de uma vida.

domingo, 30 de agosto de 2009

Doi

Os primeiros tempos são sempre duros...
São aqueles momentos em que duvidamos de tudo. Em que não sabemos se estamos arrependidos ou não, em que não imaginamos o que nos espera...
Momentos em que desejamos fechar os olhos e ter uma luz que nos guie.
Sentimentos contraditórios de momentos vividos nuns segundos e que teimam em perdurar na longevidade da nossa simples vida. Sentimentos que baralham, que confundem e fazem doer... Mas que ao mesmo tempo nos fazem viver...
Queria tanto ter essa luz... Ando perdida, ando confusa com tudo o que voltei a deixar para trás. Há momentos, lugares, pessoas que nos fazem destas coisas. Existes tu... E esse é o meu grande mal... Deixas o meu coração bater mais forte a cada encontro, a cada olhar, a cada momento teu, nosso... E a despedida é sempre dura... Sem saber por quanto tempo ou se mais alguma vez... As vidas mudam, se fizermos por isso... E por vezes eu desejo mudá-la, mas depois... Faltas-me tu... Mas não te quero assim... Nem eu sei o que quero ou não... Sei que é mau este sentimento. Consome-me aos poucos e deixa-me sem saber para onde ir....
Até um dia...

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

De volta a realidade...

Estive alguns dias longe do mundo da blogosfera... Estive longe do mundo, perdida noutra realidade que já fora minha... Estive escondida por esses dias de sol de onde me custou tanto sair... Fácil deixar uma vez, mas a segunda ainda é pior... Voltar a deixar as pessoas que abraçamos há tão pouco tempo, voltar a deixar a nossa vida para ir de encontro a outra. Por quanto tempo mais? Quanto tempo mais ficarei longe dos abraços, dos olhares, dos beijos que me aqueçem o coração?? Quanto tempo mais estarei eu nesta indecisão de uma vida para outra, ferindo o meu coração e outros? O que preciso para decidir a minha vida?
Sem dúvida umas férias espeteculares! As pessoas que me acompanharam, sem dúvida não há melhor! São os melhores amigos do mundo... Aquelas pessoas que me custa a deixar, que me custa ver chorar... As minhas pulgas... Voltava por elas. Voltava mas e depois? Vi quem queria ver. Estive com quem queria estar, até com quem tentei não estar... Reencontrei a minha antiga vida, melhor do que tinha ficado, mas agora veio escurecer a minha nova vida... Deixei presos por um fio sentimentos que teimavam em não serem deixados para trás e agora quase que fiz uma camisola...!!! Não sei se a hei-de vestir, se a guardo e espere para uma ocasião especial! Não sei se a quero para mim como ela está, ainda lhe falta algo... Vamos ver o que se pode fazer com ela!! Mas gosto dela!! A minha cabeça é um turbilhão... É uma tempestada... Como é possível 15 dias mudarem a vida de alguém, ao ponto de pôr tudo em questão?
Um dia talvez saberei, mas agora nem quero pensar... Voltei á minha vida, á minha segunda vida... Sim já cá estou!Já não há problemas em circularem por portugal!! Não há hipotese de se cruzarem comigo ou de voltarem a estar comigo, se queres saber!! Não há hipotese de terem uma cirose!! Acabaram-se as grades de minis numa hora! Quer dizer, há hipotese para isto tudo, se vierem cá! Ou quando eu voltar aí...Não há-de faltar muito!!!

A despedida doi...
Doeu...
Doeu abraçar-te aquela última vez e saber que não sei se voltarei a fazê-lo...
Doeu deixar-vos a chorar... Doeu aquele último abraço de olhos molhados...
Doeu deixar-te no aeroporto a olhar para veres quando desaparecia...
Doeu ver-te dizer adeus da janela pela última vez...
Doeu o ultimo abraço antes de reencontrarem o vosso carro e vos ver partir...
Doeu aquele beijo enqunto ainda dormias...
E doi, continua a doer, a cada mensagem, a cada contacto...

Adoro-vos...
Até um dia...

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Um amigo novo - Continuação - 3!!

Há alguns dias que não dou novidades do meu novo colocatário! Pois, é porque ele deixou de aparecer, e vejam lá que nem pagou a renda!! Encheu o papo, alimentou-se bem, utilizou a cozinha como um parque de diverssões e foi embora... Sem se despedir! Eu que todos os dias de manhã, lhe deixava uma porção de "mata ratos", com tanto carinho, e me preocupava sempre em saber se ele tinha comido tudo ou não!! O mal agradecido!!
Bem, mas também se aproveitou e bem da estadia!! Eu que contava te-lo cá apenas entre 4 a 7 dias, ele apoderou-se da minha cozinha durante 15 dias!!
Isto porque, na caixinha da comidinha pata Topogigio, dizia que fazia efeito entre 4 a 7 dias, mas ele continuava a vir comer! Ora das duas uma, ou ele era muito resistente, ou era a familia dele que também vinha comer!! Não sei... Mas agora ainda tem lá uma porção e nunca mais apareceu! Nem o voltei a ouvir a passear sobre o telhado que cobre o meu quarto! Foi mesmo embora...!
Nem sei se estou feliz ou triste, pois agora que a C. se foi embora de férias, ele sempre me fazia companhia!!! Estou a brincar como é óbvio!!!
E agora pús-me a pensar, ele desapareceu desde a partida da C. se calhar ela levou-o na mala!!!! Ou então ele gostava mais dela do que de mim e morreu de desgosto!!!

Vamos ver se não me aparecem mais!! ;)

domingo, 9 de agosto de 2009

Aproveitar...

Não vou negar que estou a contar os dias para me ir embora, não nego também que daria tudo para ir ontem!!! Mas já que não posso, tento aproveitar ao máximo os últimos dias aqui!
E quando várias pessoas, que de vez m quando, não batem muito bem da cabeça, o resultado é sempre uma noite super engraçada!!!
Karaoke pela noite fora... Cantamos e tentamos encantar mas não m parece que tenhamos tido assim muito sucesso!!!
Conhecemos um amigo novo, que deve ser parente do Songoku, (nem sei se é assim que se escreve), Dragonball!! O que nos rimos, com aquela trança!! Sem ofença, até porque o moço é um querido! eheh
E quando eu digo que está a chover, é porque está mesmo a chover!! E como não acreditaram, eu tive de vos mostrar e ai foi a banhada total!
Para que percebam... Passei por baixo de uma arvore, e cairam pingas. Eu disse que estava a chover, mas ninguém acreditou... Mandei com a moleta no tronco da arvore... Fujam!!! Caiu uma carga!!lolol Só rir!!! O que vale foi que não tive de ir para minha casa e subir os miseréaveis 4 andares sem elevador! Fiquei em casa da prima, num terceiro andar, com elevador!! eheh
Amanhã héa mais... Voltamos á acção no karaoke! Vamos tentar encantar um pouco mais desta vez!
Agora é ida para o lago... eheh Já falta pouco! =)

Beijos

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Calores!!

Este homem consegue tirar-me do sério...
Este sorriso, aqueles olhos... A voz dele... ;)
Pareço uma miúda histérica!!!
Mas digam lá que não é qualquer coisa...?!!




Suspiros!! lol

Emmanuel Moire... Ouçam a música dele!!

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

1/4 DE SÉCULO

Sentada no sofá da minha sala, tão vazia que está esta casa! Normalmente está cá a C. mas agora já está em Portugal de férias. Nestes últimos 3 dias, tive cá os meus primos mais novos a passarem umas mini-férias! 4 e 6 anos!! Imaginem a casa cheia de vida com duas crianças a correrem de um lado para o outro, a saltarem na cama, a dizerem: "S. anda cá...", "S. tenho sede...", "S. podemos brincar no teu quarto...?" É lindo! Mas hoje está vazia... Só ouço o som dos carros a passarem na estrada que passa por aqui...
Hoje festejei 1/4 de século...
Hoje estive com a familia com quem não costumava estar nos meu anos!
Hoje passei um aniversário diferente!
Geralmente espero tanto deste dia! Empenho-me a fundo para que seja um dia fantástico! É raro o dia 06/08 que tenho acabado com a S. a dizer coisa com coisa! Para mim este dia é sempre especial! É o meu dia!!
Empenho-me a fundo, preparo o dia meses antes... Parece quaase um casamento!!
Há tanta gente que não gosta de fazer anos, de festejar! Mas para mmim é muito especial! Se calhar quando fizer 40 ou 50 já não vou achar o mesmo, mas agora penso assim...
Mas hoje, foi simples!! Não planeei nada...Passei o dia com a minha prima... ( Obrigada pela tarde prima), e á noite foi um simples jantar com os tios!! E agora já estou em casa!! Bebi 3 copitos de vinho e tal...! Foi especial... Diferente mas muito especial, porque as pessoas que cá estavam, são do mais especial que há para mim!! Obrigado a todos pela presença!

Agora, que já estou um ano mais velha, que tenho de começar a ter ainda menos juizo... (lololol), acho que vou dormir!! Amanhã é um novo dia e já não sou bébé!! Agora o que conta é contar os dias para as férias!!!

Venham elas!!!

Gregory Lemarchal, "De temps en temps"

Quem já ouviu falar de Gregory Lemarchal? Eu ainda não tinha ouvido falar até vir viver parar a Suiça!
Gregory Lemarchal, é um jovem que participou ao Star academy em França.
Venceu. Uma voz fantástica. Só que este jovem, de apenas 23 anos, sofria de uma doença rara e hereditária nos pulmôes, chamada fibrose cistica.
Faleceu a 30 de Abril de 2007 com tanto por viver e dar ao mundo...
Deixo aqui uma letra de uma das musicas dele, e aconcelho-vos a conhecer um pouco mais... ;) Como por exemplo a musica: "Même si", com Lucie Silvas...


De temps en temps
Je craque sous le poids de l'espérance
Je vais parfois à contre sens
De temps en temps
J'ai des flèches plantées au coeur
De la peine, de la rancoeur
De temps en temps
Je ris de rien
Je fais le con parce que j'aime bien
De temps en temps
J'avance en ayant peur
Je suis le fil de mes erreurs
Et très souvent...

Je me relève sous ton regard
Je fais des rêves où tout va bien
Je me bouscule, te prends la main
Au crépuscule, je te rejoins
Je me relève sous ton regard
Je fais le rêve d'aller plus loin
Je me bouscule, te prends la main
Du crépuscule jusqu'au matin

De temps en temps
Je plie sous le poids du sort,
Et des souffrances collées au corps,
De temps en temps
Je prends des coups dans le dos
Des conneries, des jeux de mots,
De temps en temps
Je regrette l’innocence
Qu’on peut avoir dans notre enfance
De temps en temps
Je veux la paix
Pour moi, je n’ai plus de respect
Et très souvent…

De temps en temps
Je pense à tort
Que pas de larmes, c'est être fort
Au fond ce que j'attends
C'est voir le bout de nos efforts
Que l'amour soit là encore

Je me relève sous ton regard
Je fais des rêves où tout va bien
Je me bouscule, te prends la main
Au crépuscule, je te rejoins

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

O que sinto.

Saudade...

Para sentir saudades é preciso amar...
A saudade vem sózinha, é como amor á primeira vista,
que entra no coração e não há como tirá-lo de lá!
A saudade é a concequência do amor,
lei da acção e reacção...
Voçê ama e consequentemente sente saudade.
Saudade de um olhar que não se pode esquecer,
saudade de um toque,
saudade até dos tempos da escola.
Saudade de uma pessoa, de um lugar.
Simplesmente saudade...
Contra o amor uma pessoa até tenta lutra,
tenta fugir, apaixonar-se de novo,
mas saudade não...
Nada pode ser colocado no lugar da saudade...
O tempo apaga a dor.
O tempo...
Quem sabe...
Pode até nos fazer esquecer um amor...
A saudade não...
A saudade no começo doí,
doí muito,
é difiçil controlá-la.
O tempo apenas ameniza a dor
e a transforma em simples saudade.
Saudade...
Amo-te
por isso sinto saudade.
A saudade está sempre acompanhada de esperança.
Um dia voçê vai voltar,
um dia estará aqui.
Um dia...
Mas enquanto esse dia não chega,
só posso dizer que te amo e que sinto saudade.
Sinto a tua falta,
sinto saudade.
Saudade...
Simplesmente saudade...

terça-feira, 4 de agosto de 2009

A minha companhia

É muito mais fáçil nos acostumarmos a algo ou alguém, do que nos desacostumarmos!
Há 3 meses atrás, a minha amiga C. veio viver comigo para a Suiça...
Ao principio não foi fáçil, não vou negar. Cada uma tem a sua maneira de ser, as suas ideias, a sua maneira de agir em relação a tarefas da casa... Somos bastante diferentes. Havia dias em que, pode-se mesmo dizer, que se calhar nos apetecia mandar tudo pelos ares e dizer tudo o que nos ia pela cabeça, mas não é uma amizade qualquer... São 15 anos. 15 anos em que aprendemos a nos conhecer, e apesar de fazermos coisas que a outra não gostava, não precisavamos de falar. Bastava um olhar para sabermos o que a outra pensava ou estava a sentir. Em 15 anos, tirando aquelas zangas de "pitas", (que eram constantes), só nos zangamos 1 vez. Foi aqui em casa. Estivemos 2 dias sem dirigirmos a palavra uma á outra. Mas nem sequer falamos disso, pois sabiamos exactamente o que tinhamos feito para chegarmos áquele ponto! E a partir desse momento tudo ficou excepcional! Só tocamos nesse assunto dias mais tarde e, claro, rimo-nos da situação!
Mas isto tudo para dizer que, apesar de tudo, de não termos os mesmos ideais, de eu ser demasiado maniaca em certas coisas e ela mais no deixa andar, de sermos diferentes, neste momento a casa está demasiado vazia... Não tenho com quem falar quando chego a casa, não tenho a quem fazer o jantar... Não tenho a melga a pedir-me "cociguinhas" todas as noites antes de dormir... Não tenho a minha metade!! Acostumei-me tanto a viver com a C. nestes 3 meses, qúe hoje, aqui sózinha, custa a passar o tempo...
Portanto acho que todas as pessoas, fazendo esforços, até podem viver juntas! Tem é de ser dos dois lados!! ;)


Atenção, que é só amizade!!! =P

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Sempre existe no mundo uma pessoa que espera outra, seja no meio de um deserto ou no meio das grandes cidades. E quando estas pessoas se cruzam e os seus olhos se encontram, todo o passado e todo o futuro perde qualquer importancia e só existe aquele momento...

O alquimista

Porquê?

Mais um dia passado...
Porque ansiamos tanto por algo, que depois passa a uma velocidade incrível? Porque metemos tanto de nós num projecto, investimos imenso tempo das nossas vidas nisso, para passar um terço ou um quarto a aproveitá-lo? E quando chega o momento de o aproveitarmos, por vezes não tem o sabor que pensariamos que ia ter...
Porque é que o nosso coração vive a 1000 á hora para que chegue o momento? Depois ele não consegue reduzir a velocidade e passa também a correr...
Porque complicamos o que é simples? Será que sou eu?
Anseio pelo momento que tarda em chegar, mas também já penso no fim... Quero aproveitar todos os pequenos instantes, penso como hei-de fazer... Dedico quase todo o meu tempo a pensar nisso e tenho medo de não aproveitar tudo porque realizei demasiados planos, pus expectativas a mais...
Porque não deixo apenas o tempo fluir?!
Tenho medo que chegue o dia, mas anseio-o loucamente...

sábado, 1 de agosto de 2009

Contar os dias!

Vou contando os dias pelos dedos... Vou contando as horas que faltam... Parece que cada dia que passa é maios que o que já passou.
Tenho a sensação que me escapa das mãos, que em vez de correr, volta atrás...
Conto pelos dedos das mãos e repito, porque duas mãos ainda não chegam. Ainda faltam uns dias, mas não desanimo... Ainda faltam uns dias que tenho de contar e deixar passar... Queria tanto que passassem todos de uma só vez!
Saudades são tantas...
Mal vejo a hora de pisar aquele aeroporto, de entrar no avião e sentir o aperto no estomago por estar preste a abraçar os que mais amo.
O coração palpita mais forte com a ideia de faltarem tão poucos dias (que ainda são bastantes)... Deixa-o palpitar, faz-lhe bem esta excitação, porque depois vai voltar a estar em lágrimas, por ter de deixar novamente quem reencontrou há tão pouco tempo... Aproveita coração!!

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Férias

"preciso de férias!" Repeti eu tantas vezes... Mas não eram estas férias que eu precisava... Bolas... Precisava de sair daqui, ir ver o meu papa e a minha mamã! O meu mano, os meus amigos... Precisava de ir para fora daqui, ir ver o mar... Voltar a sentir aquele cheiro... A sentir o cheiro da minha terra... Que saudades eu tenho... Estou cançada... Agora isto veio mesmo chatear-me... 15 dias de férias, mas sem ser verdadeiramente férias... Mas já faltou mais!! Vamos ter calma!

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Ai o joelho!

Por vezes aquilo que mais gostamos, é o que mais ns magoa...
Eu amo o basket, é a minha paixão. Sinto-me a flutuar quando jogo... É uma sensação incrivel... Mas também já me fez sofrer bastante... Entre as 3 roturas de ligamentos do pé direito, uma tendinite no tendão de aquiles e outra no ombro, ontem foi a vez dos ligamentos do joelho direito!!!
Estava eu a jogar tão bem com os mues potes... Faço um arranque cruzado, mudança de direcção por baixo das pertas, paragem a dois tempos e pimbas o joelho foi-se...!! Já não tinha esta sensação há tanto tempo... Muito mau...
Agora tenho duas novas amigas... Muletas!! lol Vamos ver no que isto dá! Repouso...!!!

Mas mesmo assim quero voltar a jogar... sempre! É mais forte que eu!!

Sem dizer uma palavra

Eu não sei onde ir para cair sobre teus passos:
Se é na cidade onde eu nasci, ou bem perto de ti...
Eu não sei decifrar, com quem se parece tua voz,
E quis escutá-la mais uma vez!

E quando nos virmos,um dia ou outro
Mas quando estiveres aqui este dia ou outro
Eu saberei que és tu entre tantos outros,
Mesmo sem dizeres uma palavra...

Eu não sei o que tocar,para cair em teus dedos
No melhor, acontece-nos de colocar nossas mãos no mesmo lugar!
Eu não sei onde procurar,mas eu ja entendi
Que devo observar o que tenho diante de mim!!

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Um amigo novo - Continuação - 2!!

Bem, bem... Este Topogigio deve andar a gozar com a nossa cara!!
Comeu os smarties todos, uma e mais outra vez!! Ele continua a aparecer... Ficamos preocupadas, só depois li que os smarties só fazem efeito, 4 a 7 dias depois, dependendo da quantidade ingerida!! Bem pela que ele ingeriu, o guloso, deve morrer ainda antes!! lol
Hoje ainda não comeu a comidinha lá deixada! :P Se calhar está com uma dor de barriga!! eheh
Coitadinho do Topo!! Ele deve dizer: " Eheh que bela casa que eu fui arranjar, dão-me comida até dizer chega! Que gente tão querida!"

Mais tarde: " Grrrrrr... Ups, acho que comi demais, aquilo era mesmo bom, o queijinho também mas... Oh, ups... Tenho de ****!"

Ainda mais tarde: " Lá está mais comidinha, mas o que se passa comigo? Sinto-me tão estranho...!"

Lololol

Tadinho mesmo! Só espero é que não venha a familia toda para o funeral!!! lololol Aí é que estavamos lixadas! Agora só falta encontrá-lo morto!! Bah... Não sou eu que pego nele de certeza!!!!

Beijinhos

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Um amigo novo - Continuação!!

Bem... Não sei não, mas acho que ele já está de diarreia!! euhhh!!
E vai cagar-me o forno todo!! Descobrimos o Topogigio!!!

A C. a dormir e eu chego a casa, mal abro a porta ouço um estrondo na cozinha! Acordei logo a C. para vir á caça!! Fechamos a porta da cozinha e enquanto ela foi buscar a esfregona para, no caso do topogigio sair, lhe dar com ela na tola, eu empoleirei-me em cima do aquecedor, encostada a parede a levar com as lampadas na cabeça, a ferverem-me o cerebro!! Ela também se empoleirou mas depois não conseguia abrir a porta!!! Dah... Só filmado mesmo!!!

Lá descemos as duas e abrimos a porta... Nem sinal... Ups mexeu-se!! Batemos num armário e nada, noutro e nada... Bati no forno e o c**** fartou-se de guinchar!! BAAAHHHH E agora??? Claro que não abrimos o forno...

Resultado, amanhã o almoço é Rato assado!!! eheheh

Amanhã haverá continuação....
Não percam o próximo episódio, porque nós também não!!!!

Um amigo novo!

Por vezes queixamo-nos que nos sentimos sózinhos... Sózinhos em casa, no trabalho, nas férias... Etc...
Porcuramos fazer novas amizades, não importa quem são, como são, não somos racistas! Queremos é ter alguém que nos possa fazer companhia...
Ora, eu por vezes também me sinto sozinha aqui nesta casa! Quando a C. (minha companheira de casa), não está cá, nem vontade tenho de aqui estar muito tempo... Mas bem, por vezes tem mesmo de ser! Mas ora que no outro dia, ao regressar a casa, encontramos algo estranho! Um saco do lixo todo roído e papel retraçado no chão...
Cá para mim, é um ratinho... Claro que eu, mariquinhas como sou em relação aos ratos, não tive coragem de andar a procura! Corri á janela e gritei para o prédio em frente a chamar o meu amigo Z. Ele veio ao nosso socorro, mas também sem resultado! O visitante deve ter fugido por onde entrou!!
Nos dois dias seguintes, nem sinal... Pensamos então que ele tivesse mesmo saído... O problema foi que noutra noite ao chegarmos, aí sim... O nosso querido amigo deixou claro que cá andava por casa, só que o mal educado em vez de fazer as necessidades no wc, fez logo ali na cozinha!!!
Fiquei logo com comichões.... Lá vamos nós chamar o Z. outra vez. Enquanto ele revira a casa do avesso, eu mantenho-me em cima do banco!! Não vá o bicho sair de algum sitio e decidir pisar-me os meus ricos pés!! Aí é que me dava o treco!!!

Mais uma vez nada...
Inteligentes, para sabermos se ele cá andava ou não, resolvemos deixar um pedaço de queijinho no chão da cozinha... Claro que de manhã o nosso querido amigo já o tinha papado!! Não o queremos cá, mas andamos a alimentá-lo!! Tão queridas que nós somos!!!!
Bem... Agora que tenho um novo amigo cá em casa, digo que preferia mil vezes sentir-me sozinha!!!
Mas não há de ser por muito mais tempo! Comprei-lhe uma comidinha boa que lhe vai dar uma dor de barriga!! eheheh Está espalhada pelos cantos da casa a ver se ele vai desta para melhor!!
Com tantos amigos que podia arranjar, tinha logo de me calhar um Topogigio!!!

Vamos ver no que dá!!!

Beijinhos

terça-feira, 14 de julho de 2009

Life is wonderful

Não se pode não gostar deste senhor!
Cada musica nova que descubro, cada junção de palavras que ele nos oferece, me fazem viver num mundo de magia... Adoro simplesmente! ;)




A lalalalalala life is wonderful...!! =)

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Indecisa?!

Li um artigo sobre "Pessoas indecisas".
Em certos excertos, revi-me na pele da pessoa de quem falavam, mas os comentários da psicologa, não os associava a mim...

Ora então, uma mulher, que se dizia muito decidida no que respeita á sua vida profissional, que soube logo o que queria fazer como carreira, que sempre que tem de tomar uma decisão no trabalho, não hesita e toma-a praticamente sempre pelo melhor.
Mas quando respeita á vida sentimental, é um desastre. Nunca sabe o que pode ou não satisfazé-la, quando tem de tomar uma decisão, como por exemplo a que restaurante ir, onde ir de férias, o que fazer para o jantar... Não sabe o que fazer e deixa sempre essa decisão para o seu par.
Bem, a psicologa diz que isso acontece a pessoas que não estão seguras de si, que têm medo. Medo de tomar uma decisão errada, de não agradar ao companheiro...

O que comparei comigo, é que realmente, no que toca á minha vida profissional sempre fui muito decidida. Sempre disse que queria ser professora de matemática e entrei na universidade para isso...
Resolvi vir para a suiça para trabalhar e em uma semana já tinha dois empregos. Continuo num deles, certa de ter sido a melhor decisão. Até aqui tudo bem!!

No que respeita á parte sentimental, també, como a mulher do artigo, sou uma pessoa indecisa, (não sei se será bem este termo a utilizar no meu caso), mas não por ter medo de tomar decisões erradas ou que não agradem...
Quando eu tinha alguém, era raro ser eu a decidir o que quer que fosse, a não ser que tivesse realmente muita vontade de fazer algo. E continuo assim. Quando saio com alguém, noemeadamente do sexo masculino, e não é mesmo por medo!!
Eu deixo-os tomar as decisões, porque consoante a escolha, consigo sempre analisar um pouco quem são e como são.
Deixo-os surpreenderem-me, ou não! É tudo uma técnica!! Por vezes consigo também ver quais são os que têm medo, os que são indecisos e os que são decididos...
É sempre bom saber isso...!!!

Portanto, desculpe-me estar em desacordo consigo Sra. Psicologa, mas eu, mesmo não tomando certas decisões,, sou uma pessoa muito segura de mim, ás vezes até demais!
Acho que tudo depende da personalidade de cada um...

Indecisos ou não, temos é de saber viver!

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Porque temos de ir tantas vezes tão alto e outras tão baixo?
Quem poderá dizer-me, quando ninguém o sabe?

domingo, 5 de julho de 2009

Foi desta!

Acabou o dia de trabalho. Cansada, mas nem por isso sou capaz de parar um pouco...
É desta...
Visto uns calções e uma t-shirt, calço os ténis, agarro na bola de basket e vou até ao complexo desportivo de sion...
O entusiasmo é muito pelo caminho! Avisto ao longe as tabelas, outras pessoas a jogar também... Arrepia-me só de ver e relembrar o quanto eu adoro este desporto!

Finalmente faço um lançamento ao cesto!!! =)
Estava com receio, com medo de ter perdido a "mão para a coisa"!! Mas afinal não... Até não estou assim tão mal...!! Preciso de treinar, é verdade... Estou enferrujada, mas também, há quatro meses parada, o que se espera??!
Vou começar a fazer isto sempre que tiver um tempinho livre! Soube tão bem!!

Senti-me livre de novo...
Voltei a sentir aquele cheiro da bola... A sentir aquela pele rugosa a deslizar-me por entre as mãos... Que alegria...

I love this game...!
Esta frase é feita á medida para mim!!


=)

E hoje durmo com um sorriso rasgado

sexta-feira, 3 de julho de 2009

I don't want to be anything other than what i've been trying to be lately...
All i have to do is think of me and have a peace of min...
I'm tired of looking 'round rooms wondering what i gotta do or who supposed to be.

I don't want to be anything other than me...

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Basket

Saudades de calçar os meus ténis, de agarrar numa bola de basket e correr de encontro ao cesto e lançar...
Saudades da minha paixão... Quero voltar a jogar, a sentir-me livre como quando estou a jogar. Sinto falta da adrenalinda, do divertimento, do gozo que me dá brincar com aquela bola...
Sinto que me falta algo... Preciso disto para ser ainda mais feliz...
Começei a ver uma série qem que as perssonagens principais jogam basket... Fico com o coração tão apertadinho quando os vejo a jogar...
Sinto a falta...

A série é "One tree hill" para quem quiser ver! ;)

Beijos

terça-feira, 30 de junho de 2009

Grrrrrrrrrrrrrrrrrr

Guardo, guardo, guardo e num momento, expludo! Porque tenho um feitio tão complicado?? Eu sei que por vezes sou complicada, que sou exigente e tudo mais, mas será que também ninguém faz um esforço para me satisfazer um pouco?? Ou pôr dois dedos na consciencia e ver que de facto, eu até tenho uma certa razão?? Que eu não mereço muita coisa que, inconscientemente, me fazem?
Sou boa demais é o que é... Vou começar a pensar mais em mim e não tanto nos outros. Pode ser que não leve tantos pontapésno cu...
Hoje conseguiram enervar-me ao máximo. Conseguiram fazer-me explodir. Agora faço voto de silêncio. Nem vontade de falar tenho. Estou com a telha, com a neura, com a birra, com o que lhe quiserem chamar... Mas agora estou assim... E hoje não precisava disto... Quando temos já tanta coisa que nos preocupa, quando queremos segurar na mão de alguém que está longe e a precisar de nós, que lhe seguremos a mão e não podemos, é quando ainda nos enervam mais...
Eu não mereço isto...

sexta-feira, 26 de junho de 2009

O adeus a Michael


Hoje o mundo perdeu uma grande voz mundial...
Adormeceu a voz, deixando-a gravada na nossa memória, fazendo-nos recordar bons momentos que passamos... As suas músicas marcaram de certeza muitos momentos especias, de muitas vidas... Agora é apenas uma recordação... Não teremos mais novidades. Temos de recordar...
Gosto de tantas musicas dele... Mas hoje, houve uma que me veio a memória... Heal the world... Gosto particularmente desta musica...
Fiquei triste com a noticia... Parece que nem é verdade...

Descansa em paz Michael...

terça-feira, 23 de junho de 2009

Sol

É verdadeiramente engraçado...!
Mesmo o tempo frio que se faz sentir nestes dias, não deixa esconder o sol... Mesmo a chuva que por vezes teima em cair, faz perder o sorriso...! O desánimo, a depressão momentanea afastou-se um pouco. Certo que voltará, claro, nem todos os dias o sol pode brilhar... Mas por enquanto escondeu-se... Nostalgia e saudades continuam sempre presentes, mas com a esperança de as matar o mais rápido possível, faz passar os dias com vontade e alegria no amanhã... Sinto-me bem, e também é devido a tudo e todos que me rodeiam! Já são a minha vida... Agora é tudo o que me faz feliz! Sou afortunada na vida...! =)

Quero ter sempre este brilho presente. Quero descobrir o brilho que escondes!

domingo, 21 de junho de 2009

Vamos descobrir!

Hoje assaltou-me um pensamento repentino. Por vezes, acontece que pessoas entram nas nossas vidas, que pensamos serem a tal, e quando não o é, perguntamo-nos porque entrou então? Porque veio desencaminhar-me? Porque veio trazer curvas e contra-curvas ao meu caminho? Mas tudo tem um significado na vida... E cabe-nos a nós descobrir então porque essa pessoa veio tomar um lugar na nossa vida... Algumas já descobri, outras não viveram pa nada, outras estou a descobrir!
Até gosto deste jogo da descoberta, mas só quando descubro!!!
Agora tenho de acabar este jogo que começei! Vamos ver... Estou quase quase a descobrir! Tenho várias pistas!! Estarei no bom caminho?!
Possivel...!!!

sábado, 20 de junho de 2009

Pensamentos II

Temos de nos unir, não para estarmos juntos, mas para fazer qualquer coisa juntos.

Um coração é uma riqueza que não se vende nem se compra, oferece-se.


Quero unir-me a todos voçês e oferecer-vos o meu coração! ;)

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Um pensamento

Não é preciso tempo nenhum para nos apaixonar-mos,
mas são precisos muitos anos para sabermos o que é o amor...

Não existem pensos rápidos...

A vida é tão frágil... Quando menos esperamos, escapa-se das nossas mãos. Somos tão impotentes quanto ás adeversidades que nos são reservadas, que até dá medo quando penso. E quando vemos amigos a sofrerem por essas adeversidades, ainda mais impotentes nos sentimos...
Existirão palavras para reconfortar a dor da perda de um ente querido? De um pai, que ainda para mais não via há quase um ano? Existirá alguma coisa que faça sarar a ferida no peito? Não existem pensos rápidos, nem desinfectantes, nem ligaduras... A ferida é grande... Gostava tanto de poder encontrar algo que ajudasse a curar...
Mas pelo menos sei que a dor atenuou quando senti o teu abraço... Guarda o meu abraço contigo neste duro recomeço da tua vida, e sabes que sempre o terás, basta olhares para mim que eu compreenderei... Estou contigo nesta fase, em pensamento, no teu coração...
Não existem pensos rápidos, mas também não os queremos, porque temos que passar por esta dor, mesmo que doa demais, para recordar, para amar continuamente...
No lugar dos pensos rápidos, existe a esperança ainda da tua vida e dos demais que te cercam, e existe a amizade... Ajuda sempre... Existo eu aqui para ti...
Pega na minha mão... Caminharei junto a ti...

Adoro-te Z.

Espero por ti 4f. Boa viagem...

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Anatomia de Grey

Finalmente acabei de ver todos os episódios de Anatomia de Grey da 5ª temporada...




Pode-se dizer que enchi alguns baldes com lágrimas, gastei uns quantos pacotes de lenços a assoar-me... Bolas que isto mexeu mesmo comigo!! Parece que vivo no mundo deles.
Triste... Mas realmente se todos os finais forem felizes, não mete piada. Porque na vida real nem tudo tem o tal "Happy ending". Veremos se há uma 6ª temporada e se conseguimos perceber de facto o que aconteceu mesmo!!

Aconselho-vos a todos de verem!! Se costumam seguir e sabem a história... Se não, vejam tudo!! ;)

Beijos

terça-feira, 16 de junho de 2009

Mais um =)

O Ruben e a Ana premiaram-me com este selo:




Obrigado =)

Desejo-vos as maiores felicidades do mundo, e que aproveitem bem estes preparativos todos, esta onda mágica que paira sobre voçês!!

Beijos

É mesmo azar!!

Bem, ontem até acabou por parar de chover e esteve calor, mas sempre coberto.
Fui dar umas braçadas a uma piscina interior. Nada de apanhar sol S. continua copinho de leite que te vai muito bem!! De seguida uma voltinha de bicicleta... O que vale é que era praticamente sempre a descer!! Á vinda para cá foi a minha madrinha que a trouxe!! Claro que a bicicleta veio ao empurrão nas subidas!! =P
Comprinhas antes que tudo fexe e depois jantarito! E assim se passou mais uma folga, sem de facto, fazer nada de interessante. Bolas...
E agora, vou trabalhar mais uma semana...
Tem de ser!

Beijos

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Parece de propósito!

Bolas, não dá mesmo para acreditar...

Hoje estou de folga, e adivinhem lá... Está a chover!!! Ontem, trabalhei o dia todo, teve um calor quase insuportável... 35º! O pessoal foi todo para as ilhas ou para a piscina e eu ali a servir cafézinhos... Hoje queria eu ir para a piscina e quando acordo... CHUVA... Nem dá para acreditar... Parece que é de propósito!! Mas também não vou ficar em casa a lamentar-me da minha triste sorte em relação ao tempo!! Vou arranjar algo para fazer!!! Vamos lá ver!!!

domingo, 14 de junho de 2009

Alma gêmea...

Incompatível, mas não importa
Porque alguém está presente para me ouvir chorar
Fala então se me ouves,
Pois não és fácil de achar...

É possível que o Sr. Amável já esteja na minha vida??
Bem na minha frente, ou talvez esteja disfarçado...

Quem não anseia por alguém para abraçar??
Que saiba como te amar sem que seja preciso ensinar...
Alguém me diga porque estou sozinha, se dizem que há uma alma gêmea para todo mundo?

Aqui estamos de novo, o ciclo nunca acaba...
Como é que hei-de encontrar o encaixe perfeito?
Sei que há o suficiente para todos, mas eu ainda estou a espera na fila...

A maioria dos relacionamentos parecem tão transitórios
Todos são bons, mas não o permanente...

sábado, 13 de junho de 2009

Há dias assim

Há dias assim...

Em que anseamos por um olhar, por um sorriso...
Por uma palavra, um abraço...
Há dias assim, em que anseamos por tudo o que não temos, e tudo o que temos não é suficiente...
Há dias assim... Em que nada basta...

Há dias assim, mas amanhã será um novo dia, talvez também assim, mas outro...

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Hoje estou completamente K.O...
Nada mais a acrescentar!!
Beijos a todos e até amanhã!

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Complicação...

Porque as coisas têm de ser tão complicadas?? Porque só atraio coisas, pessoas, situações complicadas?? Ou melhor, porque complico eu as coisas??
Sim...
Ponho a mão na consciência, reflicto por momentos e percebo que, de facto, sou eu que complico a minha caminhada nesta vida.
Sou eu própria que ponho as pedras que encontro no meu caminho, sou eu própria que prepara as armadilhas em que caio...
Sou eu que baralho a minha própria existência...
Tudo porque não gosto das coisas simples ou complicadas.
Não gosto do frio, mas também não gosto do quente.
Não quero precipitações, mas também não me caiem bem indecisões.
Não aprecio apertos de mãos, mas beijinhos e abraços, nem sempre...

Bolas. A ver se me decido afinal. Não consigo entender, afinal o que desejo??
Não posso escolher pois não sei o quê!
Isto realmente é bastante complicado... Eu sou complicadissima! Nem eu me entendo... Que neura!!!!
Será que uma pessoa fala, fala, fala e não nos conseguimos fazer entender??! Fogo...
Que raiva que isto me dá...
Não me explico bem é?? Ou não abrem os ouvidos para me ouvir??
Bolas

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Macedónio

" Já sakam drugarkati :) erkan :))) "

Bela mensagem que me foi enviada!! O que vale é que eu até o macedónio vou aprender!! eheh
Agora continuo a nora sobre o que isto quer dizer! O google traductor diz que não sabe ainda traduzir para macedónio!!! LOLOL

É engraçada esta minha nova vida...!! ;)

Beijos

domingo, 7 de junho de 2009

Queridos pais!

Queridos pais, queridas mães então que tal?!
Nós andamos do jeito que Deus quer,
entre os dias que passam menos mal,
lá vem um que nos dá mais que fazer...
Mas falemos de coisas bem melhores,
a Cristina faz vinho por medida,
eu sirvos os cafés quentinhos
e os croissants aos velhinhos!!

Não chegou cá nenhuma encomenda,
no expresso que parou na gar de sion...
Bem que podiam enviar umas farinheiras,
sempre dava para enganar a saudade...

Espero que não demorem a mandar,
novidades na volta do email,
o Kiko continua a mandriar??
O jardim já está arranjadito??

Já não temos mais assunto para escrever.
Cumprimmentos aí ao pessoal,
Abraços e beijinhos destas que tanto vos querem,
somos capazes de ir aí pelo natal...!!!


Susy e Cris!!

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Precisam-se sugestões!!

Dúvidas sobre o fim de semana...
Não sei o que fazer nestes meus dois dias de folga que se avizinham...
Domingo apetecia-me ir até á piscina e tal, mas parece que aqui pela suiça não vai estar muito bom tempo... Bem, sempre tenho os banhos termais ou o aquaparc... Mas é incrivél, ando eu a trabalhar uma semana inteirinha, com um calo descomunal, que mal consigo respirar, nem me mexer dentro das minhas belas calças pretas e camisa branca, e quando finalmente posso vestir roupa decente, (ou despir, o caso do bikini), não está bom tempo... Bolas, que é preciso mesmo ter azar... E quanto apostam que 3ª feira vai voltar a estar sol? Ah pois é...
Bem, entre os banhos termais e o aquaparc... Que acham??!! Ou uma caminhada pela montanha, como fiz na 2ª feira passada... 2H30 a subir uma montanha até 1790m de altitude... Foi brutal!! Mas lá está... Se estiver a chover não mete piadinha nenhuma...!
Agora voçês diriam: "Olha enfia-te num shopping"!! Pois, mas o problema é que aqui neste ,eu país, aos domingos os belos dos shoppings estão todos fechados!! Não há uma loja aberta! Portanto se te esqueceste de tomates para a salada, não os comes!!! Lololol
É sempre bom! Mas ao menos aqui as pessoas sabem viver!!! Aos dias de semana também fecha tudo as 18h30, a par dos cafés...! Portanto imaginem a uma 2ª ou 3ª feira esplanadas cheias de gente a partir das 16h... As pessoas aqui vivem bem a vida!!
Bem, mas o que eu quero mesmo saber, é o que vou fazer nesta minha folga!?!!

Agora vou fazer dodo porque amanhã trabalho cedinho e a noite jantarada cá em casa!!

Deixem sugestões!!!

Beijos

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Uma luz ao fundo do túnel

A vontade de caminhar em direcção a não sei bem o quê, mas de caminhar em direcção a algo...
Vontade de partir, de me reencontrar no meu mundo, na minha vida que deixei para trás.
Há momentos complicados em que as lágrimas caem sem que me possa aperceber ou fazer algo para evitar. É um aperto tão forte que parece que me arrancam o coração. Nesse momento a minha vontade é de gritar, fechar os olhos e poder ir... Ir para onde o meu pensamento me leva, e abrir os olhos e já me encontrar lá...





Há uma luz ao fundo do túnel...

Caminho em direcção a ela, esperando encontrar o que me faz sorrir.
Deixo para trás também coisas, pessoas que me fazem sorrir, mas qual caminho escolher?? Qual me fará mais feliz?
Só sei que caminho, caminho mas a luz não se aproxima... Ainda não tomei a decisão para sossegar o meu coração.

Até lá, vivo de recordações, de saudades, de sorrisos e lágrimas... Mas vivo...

Mas há sempre uma luz ao fundo do túnel...

Pessoas

Por vezes penso que há mais quem abuse da nossa boa vontade do que outra coisa...
Uma pessoa não pode esticar a mão, que te agarram logo o braço para te fazer cair e eles se salvarem...!
É incrivel a quantidade de gente que passou e continua na minha vida... Não consigo entender porque raio atraio eu esta espécie rara... Ou não! Não é tão rara quanto isso como acabo de escrever! Mas é verdade, estou rodeada por este tipo de gentinha, que só se querem aproveitar da minha boa vontade, mas a culpa é minha... Eu é que por vezes tento agradar a toda a gente e depois acabo eu por sair prejudicada... Mas não consigo mudar, não consigo deixar de ser assim... Gosto de estender a mão a toda a gente, mas por vezes fico mesmo triste quando se tento aproveitar. Mas não aprendo... E volto a fazê-lo...
Mas também existem pessoas difrenntes, pessoas que te pedem uma mão mas que te estendem outra. Pessoas que estão ao nosso lado como nós estamos ao delas... E essas pessoas é que acabam por dar sentido a nossa vida e fazer-nos ver que afinal sempre vale a pena estender a mão a alguém...!
Eu vou continuar a estender a mão a quem precisar, só gostava de não me deparar tantas vezes com pessoas abusadoras e interceiras!!!

terça-feira, 2 de junho de 2009

Selo

Hoje apetece-me premiar mais blogs! ;) Parece que está na moda!!

Ofereço este selo





aos seguintes blogs:

* Desabafos
* Spirit
* Ás de paus
* Poemas da Gi
* Sussurros
* Ás nove no meu blogue
* Falamos depois sff
* Cartas e missivas
* O que não digo a ninguém
* Pequenos pormenores
* Good news
* Pixacomxis produções
* Guardiã de sonhos
* Irreflectido
* Palavras insurrectas


Em seguida, os blogs que receberam o selo devem linkar o blog que o ofereceu, e passá-lo a quantos blogs quiserem!

Depois, dizer 5 vicios que tenham:

* Estalar os dedos...
* Escrever, escrever, escrever...
* Fumar
* Tirar fotos a tudo e mais alguma coisa.
* Dormir de meias, tanto de inverno como de verão!


E pronto...!

Está feito!

Beijinhos

domingo, 31 de maio de 2009

Je ne sais même pas porquois je pense a toi... Mais je te retrouve dans ma tête tant de fois... Je ne sais même pas!! Ça fais pas mal... Mais... Je veux savoir...!
Je pense a toi...

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Saber...

Dou por mim a imaginar... A imaginar a minha vida de outra maneira. A imaginar abraços, beijos, olhares, a tua mão na minha...
Imagino-te na minha vida, noutra vida que não esta, ou num futuro impensável. Imagino-te no mundo perfeito aos meus olhos, criado com um paple e lápis de cores... Pinto a vida de uma forma colorida, alegre e... Pinto-te a ti... Mas não te consigo pintar. Imagino-te, mas não te consigo desenhar, pois és apenas fruto da minha imaginação.
Quem me dera saber, quem és tu e o que queres dizer, quem me dera gritar, por um mundo só e continuar...
Quero ter-te na minha vida, quero poder pintar-te e fazer-te real...
Quero saber...

Premiada novamente! =)


Mais uma vez a Spirit presenteou-me com um selo! =)

Obrigada!

Agora, como é hábito, voltamos ao desafio...

* Publicar a imagem do selo e linkar o blog que o passou -> =)

* Citar 5 momentos vividos que mereciam ser revividos em slow motion:

1* O acampamento selvagem com a equipa de basket, tinha eu 15 anos... Fizemos tantas coisas, foi uma experiência memorável, que muitas vezes relembro com enormes gargalhadas...

2* A minha primeira viagem de avião... O medo seguido da excitação... Foi lindo!

3* O meu primeiro beijo... Esperado há tanto tempo, sentada no sofá, depois de me perguntarem: " Queres um beijo é?!" lol Engraçado...

4* O meu primeiro cesto num jogo oficial de basket... Até pulei depois de marcar...!

5* Todos os abraços e beijos de pessoas amadas...

* Passar o desafio e o selo a 12 blogs, que são os seguintes->
Spirit, Pixacomxis produções, Desabafos, Ás de paus, Irreflectido, palavras insurrectas, Poemas da Gi, Sussuros, O que não digo a ninguém, Cartas e missivas, Guardiã de sonhos e Crónicas de sampa.

Deixo então este desafio a todos voçês!;)

Beijos grandes**

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Falo sobre...

Hoje apetece-me falar um pouco dos meus amigos das pessoas que de alguma forma marcaram a minha vida, mesmo não fazendo parte dela de momento... Apetece-me mostrar o quanto significam para mim...

Cintia, a minha amiga, o meu ponto de equilibrio... A minha outra metada... Fazes parte de mim. Sabes o quanto me custa todos os dias por te ter longe... Foste sempre aquela colega/amiga, que pouco a pouco ocupou uma grande parte do meu coração, ele já não sabe viver sem a tua amizade... As nossas noites a beira mar apenas para uma palavra, os olhares que diziam tudo, as lágrimas e os sorrisos partilhados... Dizem tudo... Amo-te


Ana (Paula), a nossa cota mais nova que nós!! Uma pessoa que quase me mudou as fraldas, mas que é uma amiga como não há muitas... Fico feliz por teres entrado na minha vida de maneira difrente, mais intensa, e de ter podido contribuir para a tua actual felicidade! Sabes que como nós não há... Saudades das nossas loucuras... Estou a tua espera aqui! Amo-te

Paulo, conheci-te por acaso, uma aizade que foi crescendo! Fico feliz por te ter ajudado, por ter contribuído para a tua felicidade! Esem ti o que seria das nossas loucuras?!!! ai que saudades... Amo-te

Verita, petit-a-petit, sem darmos por isso, tornamo-nos inseparáveis... Entendes-me sem me ouvires... Lés-me, e fazes-me falta... Uma amizade nascida do nada, apenas por uma bola de basket!! E sem mesmo nunca nos termos visto, tinhamos uma ligação forte... Continua assim mesmo longe... Guardo-te no coração... Amo-te


Maria João, amiga desvairada, completamente noutro mundo, mas que amo também muito... Foste uma pessoa que entrou na minha vida, e eu senti que tinha de fazer algo por ti... Penso que consegui... Penso que te dei a mão e te ajudei a levantar, sem nunca te largar, caminhando sempre a teu lado e fortalecendo a nossa amizade... Sabes bem... Amo-te


Cristina, a minha nova companheira de casa! Amizade de 15 anos... Muitos anos já! Podiamos bem tar meses sem nos falarmos, devido ás circunstâncias da vida, mas existia sempre a chama... Somos 3 em uma!! E tá visto, só pelo facto de teres vindo para a suiça ter comigo... Amizades assim são especiais e têm de tudo...! Não me vou pôr a falar se não não saí daqui, mas tu sabes que te amo demais!


Vânia, também fazes parte do 3 em uma... Outra amizade de 15 anos... Tanto tempo! Muito já passamos juntas! Rimos, choramos... Crescemos juntas e nunca me esqueço de ti... és demasiado especial para mim... Queria abraçar-te mais vezes, mas por força da vida, mantivemo-nos mais afastadas nos ultimos tempos, mas não é por isso que me esqueço de ti!! Amo-te tanto...


Guilherme, o melhor amigo que se pode ter... Amo-te, sim, todos os dias... Basta um olhar, um abraço... Não há amigo como tu, já te disse centenas de vezes, mas por vezes não vias isso... Fez-me mal o nosso afastamento... Preciso de ti, do teu abraço... Sabes que te amo demais...


Sérgio, és uma pessoa espetecular... Um amigo como não há muitos... E por pouco tempo que te conheço, por poucas vezes que te abraçei, tb te amo... As longas horas de conversa, as centenas de mensagens trocadas, o carinho, os conselhos, o simples facto de me ouvires... Tornaste-te uma pessoa tao especial na minha vida... Amo-te

Pedro, és especial, talvez um dia deixes de ser tão especial como és, pelas circunstancias da vida, mas foi bom conhecer-te, foi bom sentir-te presente na minha vida, sentir que me conhecias um pouco e que no fundo até gostavas de mim! Gosto de ti...

Rui, Rui Rui... Quando falo de ti, até perco as palavras! Desde o primeiro olhar, senti, senti algo inexplicável... Talvez um dia te possa explicar, mas agora mantenho-me á espera de perceber o que de facto foi, é e será... Pena de muita coisa, mas tinha de ser assim, e acredita que guardo na minha memória e no meu coração, a tua imagem, o teu beijo de despedida no aeroporto... Adoro-te...


Catarina, minha paixão... Longe da vista, mas perto do coração... Preenches-me... amo-te intensamente, e sinto a tua falta permanentemente... Estás longe mas nunca distante... sempre no meu pensamento!! O que nos une é tão forte que supera qualquer obstáculo! Amo-te

Mónica, Xuca mia... Companheira das maiores loucuras imaginadas... Uniu-nos uma grande amizade, mas mesmo estando afastadas, continuo a gostar de ti... És uma amiga muito especial de quem sinto saudades de todos os momentos passados... Não te esqueço... Amo-te

Paulo, apareceste na minha vida e deste-lhe uma volta de 180º! Fizeste-me sorrir muito, sentir especial, mas também me fizeste chorar e sofrer muito! És especial mesmo assim, fizeste parte da minha vida de uma forma intensa, e apesarr de tudo gosto muito de ti!

Inokas, a minha pequeninda, doida, és completamente desvairada, mas eu gosto muito de ti. Gostava de poder estar mais vezes ao teu lado, para te aconselhar, para te dar a mão e te ajudar na tua caminhada, mas eu estou aqui mesmo distante! Adoro-te

Nanda, grande amiga numa altura e por estupidezes, afastamo-nos e começamos mesmo a ter picardias... Sem sentido, porque de facto os momentos que já tinhamos passado sobrepunham-se a tudo! Apesar do nosso súbito afastamento, aadoro-te.

João Venâncio, nem tenho palavras, amei-te de uma forma tão intensa, agora apenas possso dizer que te adoro. Apesar de te teres afastdo por completo, és uma das pessoas mais importantes da minha vida...

Roger... És a tal pessoa, o primeiro amor, que me marcou, que custou a esqueccer, mas lá consegui!! Hoje em dia um grande amigo, e fico feliz por assim ser!!! ADORO-TE.

É óbvio que há muitos mais, mas agora escrevi sobre aqueles que de repente me vieram ao pensamento! Peço desculpa aos outros, mas adoro-vos na mesma!! ;)

Beijos a todos

Prémio!


Obrigada Vanda! ;)

A Spirit presenteou-me com este selo! =)

E passa também a ser um desafio a todos, e como em todos os desafios, temos de fazer algo...!! Aqui está:

1º Pôr o selo no blogue -> =)

2º Divulgar as regras -> =)

3º Dizer 5 coisas que mais gosto na vida -> Os meus papas, mano, basket, Os meus amigos, de ler...

4º Indicar 10 blogues para os quais o envio -> Spirit (Envio de volta), Desabafos, Ás de paus, Sussurros, O que não digo a ninguém, Poemas da Gi, Pixacomxis produções, Guardiã de sonhos, Irreflectido, Palavras insurrectas.

5º Informar os blogues presenteados -> Vou deixar descobrir! ;)


Aqui fica o desafio!! ;)

sábado, 16 de maio de 2009

Dias felizes e tristes ao mesmo tempo. Contradições divididas entre sorrisos e lágrimas, sem preceber qual o sentimento que sobrepõe ao outro... Só sei que sinto, que quero sentir mais e ao mesmo tempo abafar sentimentos... Confusão cerebral a esta hora... Confusão sentimental... O meu coração palpita a uma velocidade feroz quando pensa... Sinto longe, perto. Sinto tudo de uma forma tão intensa... Nem sei... Quero deixar-me cair na minha cama, ficar a olhar pela janela a ver o sol raiar ou a chuva cair e sentir-vos perto, distantes... Apenas sentir-vos...

terça-feira, 12 de maio de 2009

Sinto-me inútil ao aqui estar, longe de ti, e não poder abraçar-te, não poder dar-te o meu apoio... Amo-te mamã, e quero que saibas que estou aqui a torcer para que tudo corra bem. Sinto-me tão triste por estar longe... Saudades tuas mamã...

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Um dia...

Um dia...

- Volto a abraçar a minha mamã e o meu papa.
- volto a abraçar o meu mano.
- Volto a Portugal.
- Vou aos estados unidos.
- Jogo basket no benfica e na selecção de basket.
- Vou á lua.
- Compro um Scirocco.
- Faço dieta!!
- Construo a minha própria casa.
- Escrevo e público um livro.
- Salto de um avião.
- Piloto um avião.
- Faço bungeejumping.
- Vou pisar a lua!
- Conduzo uma mota.
- Deixo tudo para trás e volto a minha vida.
- Hei-de ser amada por quem amo.

Um dia...

Deixo este desafio a todos, de dizerem o que fariam um dia...!
Para verem os desejos mais estranhos que podemos ter!! Claro que tenho mais, mas neste momento não me lembro! Quando me lembrar acrescento!!!

Beijão