quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Ponto final

Há momentos na vida, pequenos momentos em que existem acontecimentos, quase insignificantes, mas que no fundo têm uma importância tão grande no nosso futuro.
Hoje tive um desses momentos...
Foi apenas uma conversa, uma troca de palavras, mas fez-me perceber que nada vai mudar. Não há nada mais para dar. As palavras estão gastas, não há mais nda a dizer. Antigamente tinhamos tanto para dar um ao outro, e hoje senti um vazio tão grande... Já não há nada que me peça água, e pelo contrário, em tempos eras como um rio que passava e me saceava esta sede... Já não a tenho.
Hoje algo morreu dentro de mim em relação a ti. Não te posso explicar porquê pois nem eu consegui perceber, mas senti um alivio, mesmo que acompanhado por uma dor, mas suave...

Morreu um amor que foi mal regado. É sempre o que acaba por acontecer!
Já tinha dito tantas vezes que não te queria assim na minha vida, pois bem... Deixo-te partir.
És livre de voar, sou livre de partir á procura de novos horizontes e de tentar sarar a ferida aberta que ficou em mim...

Acabou a esperança, a perda de tempo em esperas inuteis, acabou a vida estagnada a um ponto sem viragem. Acabou.
Ponho um ponto final nesta história. Na minha história na tua.
Deixo-te continuar a escrever essa tua história que tanto queres escrever, mas vais ter de a continuar sem mim...
Eu começo hoje uma nova, e tu apenas farás parte dela em recordações, é a única coisa que não posso impedir!

Acabou

5 comentários:

Guardiã dos Sonhos disse...

um ponto final custa sempre mas, há momentos na nossa vida, em que se tornam essenciais. São eles que nos permitem respirar, levantar, avançar e, mais uma vez, procurar a felicidade, onde quer que ela esteja!!!

Um dia, tudo se tornará claro e tudo será melhor!

um beijo enorme, que te ajude a superar este ponto final!

Caranguejo disse...

Querida suzz,


Não é fácil tomar essa decisão e principalmente resolve-la dentro de nós. Infelizmente sei do que falo pois também tive de tomar uma decisão parecida, é muito difícil ver um Amor terminar aliás vê-lo terminar, desgastando-se com o tempo com as palavras duras sem a beleza dos sentimentos que um grande Amor merece ter.
No entanto quero te dizer que o tempo é de facto o melhor conselheiro e talvez ele e o destino tenha guardado algo maravilho para ti. Quem sabe o que reserva o teu futuro? Não deixes que o teu coração se feche e crie muros que um dia dificilmente se poderão escalar, Olha o mundo com todas as suas cores e toda a sua beleza e principalmente ama-te para que um dia (e conserta esse dia chegará) possas amar um outrem que te mereça que te faça verdadeiramente feliz. :)


Beijo Grande

Caty disse...

T'as pris la bonne décision cousine! Bon courage et sache que je suis là pour toi.
bisous <3

PixaComXis Produxões disse...

força no ponto e não o transformes em reticencias...

bjx

Suzz disse...

Guardiã de sonhos,

Eu precisava realmente de respirar, já me sentia sufocar... Vou avançar e a felicidade está ao meu lado. Nem que seja sózinha!! Basta querer!! Obrigada pela força!!!

beijos

Caranguejo,

Não é fácil não, mas como diz a Guardiã de sonhos, chegamos a um momento em que precisamos mesmo desse ponto final.
Acho que o tomei essencialmente, como tu dizes, porque me amo...
Quanto a amar outra pessoa, acontecerá concerteza, mas cada vez me torno mais fria em relaçao ao amor...
Talvez um dia quem sabe!!!
E obrigado pelas palavras!!!

Beijos

Caty, ma petite cousine,

Merci pour les mots, pour la force... Tu sais, "Il avait les mots", ça ma fais vraiment penser...
Tu ma fais ouvrir l'oeil!!

Merci!!

Bisous

Pixacomxis produções,

Eu gosto muito de reticencias, é verdade, mas neste caso não é possível pois já as esgotei!!!

Obrigado!!
beijo