terça-feira, 17 de novembro de 2009

Preciso

A ausência não se reflecte num bem estar sentido, mas sim numa confusão enorme que nem deixa pensar em nada, muito menos ter inspiração para escrever!
Cada vez mais percebo que sou uma pessoa demasiado complicada... Quero sempre mais. Nunca estou satisfeita, independentemente do que quer que seja. Pareço aquelas crianças que querem um brinquedo novo, andam 1 semana sempre com ele, mas depois já perde a piada. Ou porque encontraram um melhor, ou simplesmente porque perdeu a piada. Querem sempre mais. Nunca estão satisfeitos com o que têm!
Eu também sou assim... Sinto-me mal por ser assim, e não percebo porque assim sou!
Tenho medo? Medo de me ligar demasiado? Tenho medo de não saber mais viver sem...? Acho que tudo se resume a medo... Mas como superá-lo?
Vou magoando pessoas e magoando-me a mim. Quero parar com isto e ser apenas feliz! Quero apenas acordar de manhã, com uma razão para sorrir e ter a quem dar esse sorriso...
Faço sempre tudo o que me apeteçe, independentemente das consequências... Sofro-as se assim fôr... Quero viver tudo a mil. Quero sempre mais e só fico bem quando alcançar o meu desejo... Por vezes não sou justa, não faço atenção aos que me rodeiam, mas é mais forte do que eu!
Só queria olhar para o céu, fechar os olhos e ter uma resposta.Uma brisa suave a tocar-me o rosto... Preciso de um sinal, algo que acalme a minha vontade tremenda d viver tudo a correr... Preciso...

Estou presa.. Sem solução aparente para as minhas dúvidas...

Preciso de ajuda....

3 comentários:

Nuno Medon disse...

Olá! se precisares de desabafar ainda mais, o meu msn é nunomedon77@hotmail.com

todos nós temos momentos difíceis. O querer sempre mais não é mau de todo e é assim que se conquista e que os sonhos se tornam realidade. Já eu não luto por mim, mas um dia vou ter de lutar por mim. Um abraço e muita força! bom fim de semana! beijos

N.P. disse...

Já alguem dizia:

"TRAZES A VIDA NOS BRAÇOS... POUSAS O MUNDO NO CHÃO... LARGAS OS MEDOS NA ENTRADA... E DESMONTAS CADA PEÇA DE QUE É FEITO O CORAÇÃO... DEIXAS LÁ FORA O CANSAÇO... DESARMAS A SOLIDÃO... BRINDAS SONHOS AO RELENTO... COMO QUEM JUNTA AOS PEDAÇOS ENTRE A LOUCURA E A RAZÃO... FAZ PARTE SER UM POUCO PERDIDO... FAZ PARTE COMEÇAR OUTRA VEZ... FAZ PARTE IR ATRÁS DOS SENTIDOS... E VOAR A SENTIR O MUNDO NA PONTA DOS PÉS..." M.Veiga

Nos caminhos que se nos cruzam ao longo da vida, ha trilhos em que nos vemos caiados... a opção de o seguir pode ser nula, pode ser até difusa, mas a essencia do ser humano faz desejar conhecer mais alem do que o olhar alcança... dás um passo em frente com receio de cair mas o teu olhar não pousa no chão, temendo passo em falso... pensas: "é so mais um momento, só mais um instante neste lugar. Para descubrir mais um pouco, para desvendar mais um brilho ou espiga" ... não há certezas, nunca há decisões conscientes dos riscos a correr... há mergulhos, há voos, há mistérios desvendados, há emoçoes fortes, há esperança, há viver... consequencias?? sim, existem... sentem-se, pesam, ultrapassam-se... se de cada momento retirares o que de melhor teve para oferecer, não deves sentir que a duvida lhe retira a riquesa... está vivido, está enaltecido pela emoção com que o sentiste... sentes-te perdida porque outrora te descubriste num mundo só teu... não há negativismo nisso... sorri porque os caminhos que se vão cruzando á tua frente não devem ser entendidos como consequencias de outro passado mas sim como infinitas possibilidades no futuro.

Viver é complexo por si só... a tua necessidade de te questionares enriquece-te... não há que desanimar... será só mais um trilho, mais um passo, mais um momento!

Beijinhos Grandes
N.P.

icas disse...

Apesar da ausência e da distância, sigo-te os passos aqui neste teu, sempre, espaço.