terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Não te esqueci...

Por vezes tenho a ligeira sensação que não te esqueci...
Olho vezes sem conta as tuas fotos... A tua imagem, o teu sorriso ocupam-me o pensamento por momentos. Quando a noite cai o meu pensamento é ocupado com a tua presença... Não te vejo, mas sinto-te... Aí percebo que não é apenas uma sensação... Não te esqueci mesmo...
Continuas a fazer bater o meu coração mais rápido...
Continuas a fazer-me tremer...
Continuas a despertar em mim o sentimento da saudade e da vontade de te ver a todo o momento...
Não posso... Tenho de te esquecer... Mesmo que estejas aqui, quase ao meu lado... És algo inacecivel... Não te posso ter para mim... Limito-me a sonhar-te!!!

1 comentário:

Miana disse...

Cada pessoa sente de forma diferente, eu sei que um conselho de uma estranha pouco vale...Mas só consegui acabar com o chamado "fatasma" que é aquele sentimento que temos por alguém que nos persegue, não esquecendo, mas mudando o sentimento que tenho, mudar o tipo de amor. Existem muitas formas de amar, e esquecer é banir todas as recordações que quer queiras quer não te fizeram quem és, até à mais pequena vivenvia te molda para O amanhã...Esquece é...impossivel! Agora devagar e aceitanto as coisas que não podemos mudar, o amor transforma-se em "amor por aquilo que foi" é muito dificil de explicar por palavras... Mas o que digo é que temos que ter muita muita força para mudar as coisas que podemos, e graça para aceitar as que não podemos... E eu acho que foi atraves da conformação (nem sempre é mau porque aquela insatisfação interior de nao ter alguma coisa ou alguém acaba) da paz de espirito que todo um amor muito forte de anos sofridos se transformou num amor bonito vivido que durou o que tinha a durar... Esquecer...é impossivel! Um beijo, e coragem!