quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

O que despertas em mim...

O teu olhar faz-me alucinar... Que será de mim sem ele?? Mas prefiro não ter esse olhar que me prendeu num segundo... Prefiro perde-lo na multidão... Prefiro... Pois quero esse olhar só meu, mas não é... Quero que se apague no tempo, a lembrança desse teu olhar no meu...

Os teus beijos enlouquecem-me... Acendem uma chama em mim... Mas tenho de apaga-la. Tenho de deixar de desejar os teus lábios... Deixar de me arrepiar quando os passas pelo meu pescoço e suspiras... Tenho de tirar da minha memória o que despertam em mim os teus beijos doces... mas envenenados... Um veneno que é tão apetecível... Mas tenho de parar...

O teu corpo deixa-me ardente... Quero mais... Sentir-te em mim, como se fosse-mos apenas um.... Quero tanto... Continuo ardente... E a desejar que me aqueças ainda mais... Mas vou-me queimando... Tenho de sair daqui... Não posso desejar mais este calor que me consome... Preciso fugir desta tentação...

Mas é impossível apagar da minha memória tudo o que despertas em mim... Ficarei apenas com a recordação do teu cheiro no meu corpo, dos teus lábios e do teu olhar...
É melhor assim...

3 comentários:

PixaComXis Produxões disse...

come gomas q isso passa

icas disse...

Hum... Saboreia cada momento, vive cada segundo...

Adoro.te muitoo

Paulo disse...

Tudo nesta vida tem uma razão de ser e de acontecer. É por essa razão que devemos aproveitar e saborear cada minuto, cada segundo, cada pequena coisa e guardá-la como um momento nosso, intocável, maravilhoso. E isso tenho-o, aqui comigo...