segunda-feira, 22 de setembro de 2008

O poço do meu coração

Mais uma vida perdida no tempo...
Mais uma imagem guardada no fundo do poço do meu coração... Para só a recordar quando não mais doer. Uma imagem feliz, sem sentido para a infelicidade sentida de momento. Uma imagem sem sentido aparente, que apenas causa dor e desilusão.. Desilusão que se vai acumulando e doendo cada dia mais.
Uma imagem que em tempos era e tudo e hoje não é nada... É apenas uma imagem sem significado... Apenas uma recordação que faz doer, como se me espetassem mil facas e mesmo depois de espetadas continuassem a carregar para enfia-las mais fundo...
Uma dor que tantas outras pessoas compreenderão e dirão que é normal e que irá passar... É verdade... Todos nós sabemos que sim... Mas diminuirá a nossa capacidade de amar, pelo menos a minha... Não quero que as minhas imagens sejam sempre guardadas no fundo do poço. Não quero ter de voltar a erguer uma nova vida, para em seguir ser destruída com apenas um sopro... É triste, mas é a realidade que nos encontra neste mundo que é feito de alegrias e tristezas, mas as tristezas são as que nos marcam mais...
A cada acumular de imagem no meu poço, vou sentindo que está cada vez mais cheio, mais pesado e que estará prestes a transbordar, sem aguentar mais nenhuma imagem que seja la guardada... Não quero mais imagem... Não quero mais que doa e que continue a doer... Quero esquecer e ser eu como sempre... Mas só eu... Sem imagens...

2 comentários: