terça-feira, 1 de abril de 2008

Um minuto...

O tempo... Por vezes insignificante, por outras tão precioso... Um ano, um mês, uma semana, um dia, uma hora, um minuto, um segundo... O que significam para nós? O que significam para ti? Para mim, um ano passa a voar quando olho para trás... Nem dei pelo tempo passar. Será que aproveitei o meu tempo da melhor forma?? Um mês, uma semana, uma hora... Quanto tempo demora um minuto?? 60 segundos dizem vocês, mas por vezes, um minuto demora uma eternidade! Será possível?! E quanto tempo demora uma eternidade? Por vezes um minuto... Aquele minuto que não quer passar, que teima em ficar... Aquele minuto em que espero por ti, aquele minuto que falta para ir ao teu encontro... Aquele minuto que persiste no meu tempo, no meu dia... Aquele minuto que desejo ver longe, para dar lugar a outro minuto que venha mais pequeno, mais pequeno que uma eternidade...

Uma vez entregaram-me uma folha e disseram-me para a ler em silêncio e tentar aprender algo com o que lá estava escrito... A parte que mais me tocou foi:

Para entender o valor dum ano, pergunta ao estudante que repetiu o curso...
Para entender o valor de um mês, pergunta a uma mãe que olha para um bebé prematuro...
Para entender o valor de uma semana, pergunta ao editor de um semanário...
Para entender o valor de uma hora, pergunta aos amantes que esperam para se encontrar...
Para entender o valor de um minuto, pergunta ao viajante que perdeu o comboio...
Para entender o valor de um segundo, pergunta a uma pessoa que este a ponto de ter um acidente...
Para entender o valor de um milésimo de segundo, pergunta ao atleta que ganhou a medalha de prata nos jogos olímpicos...

Por muito que o tempo custe a passar, por muito que um minuto seja uma eternidade, será sempre um minuto, e terá de ser vivido ao máximo...
Temos de dar valor a cada momento que vivemos, e esse momento terá muito mais valor se for partilhado com pessoas especiais a quem vale a pena dedicarmos o nosso tempo!

2 comentários:

PixaComXis Produxões disse...

gostei do texto

Bjx

Anónimo disse...

Adorei o texto.. tavas bastante inspirada.. tou a morrer de saudades tuas gaja!!!! Vê se apareces na fac..
bisous
Angéla